ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  08    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

Secretário do Paraná deve ser anunciado ainda hoje novo ministro da educação

Quatro ministros já passaram pelo Ministério da Educação desde a posse de Jair Bolsonaro

Por Clayton Neves | 03/07/2020 09:20
Renato Feder, cotado para assumir o MEC (Foto: Divulgação/Secretaria da Educação e do Esporte do Paraná)
Renato Feder, cotado para assumir o MEC (Foto: Divulgação/Secretaria da Educação e do Esporte do Paraná)

Renato Feder, secretário de educação do Paraná, deve ser o escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a chefia do MEC (Ministério da Educação). O anúncio oficial do Planalto e a posse no novo ministro devem ser feitos ainda nesta sexta-feira (3).

Formado em administração e mestre em economia, Feder já era um dos nomes cotados para o cargo desde a saída de Abraham Weintraub no dia 18 de junho, no entanto, foi preterido por Bolsonaro, que optou por chamar Carlos Alberto Decoletti.

Decoletti, por sua vez, teve passagem relâmpago pelo MEC. Anunciado novo ministro, teve de sair do posto após cinco dias por inconsistências  e irregularidades no currículo, como um doutorado e pós doutorado que não existiam.

O MEC já teve 4 ministros desde a posse de Jair Bolsonaro. Ricardo Vélez Rodríguez saiu em abril de 2019, Ricardo Vélez Rodríguez deixou o cargo em 18 de junho, e o interino Antonio Paulo Vogel ficou até 25 de junho, quando Decotteli assumiu.