A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/07/2014 10:29

ALL diz que Justiça garante condução de trens apenas por maquinistas

Aliny Mary Dias

Questionada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias de Mato Grosso do Sul em razão da implantação da monocondução de trens no Estado, a ALL (América Latina Logística) divulgou nota negando qualquer problema envolvendo a presença de apenas o maquinista nas cabines.

Uma reunião na tarde desta segunda-feira (14) reúne peritos da 1ª Vara do TRT (Tribunal Refional do Trabalho) de Bauru que irão de Campo Grande a Três Lagoas para apurar a situação com os trabalhadores. Conforme o presidente do sindicato, Evanildo Silva, há um pedido da empresa com objetivo de derrubar a liminar que garante a presença do maquinista e de um ajudante nos trens.

No entanto, a empresa nega que haja obrigação legal de haver duas pessoas na cabina da composição. “O sistema de Monocondução também é praticado por outras concessionárias de transporte ferroviário, não havendo registros que gere qualquer insegurança”, diz a nota.

Ainda conforme a ALL, outras decisões favoráveis à empresa já foram expedida por tribunais de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul. “A aplicação de novas tecnologias em locomotivas, no desenvolvimento da frota e na reestruturação da via permanente permitem, junto com todos esses sistemas de segurança ferroviários utilizados de forma conjunta, a condução de locomotiva com apenas um maquinista”, afirma o texto.

Até abril do ano que vem, a concessionária pretende formar 150 maquinistas e 150 auxiliares.

Polêmica - Há pelo menos 7 anos, o sindicato e a empresa disputam na Justiça a polêmica implantação da monocondução de trens no Estado. De acordo com o presidente do sindicato, Evanildo Silva, os peritos vêm ao Estado depois de um novo pedido da empresa à Justiça com objetivo de derrubar a liminar que garante aos trabalhadores o direito de continuar com duas pessoas na conduções dos trens.

“Essa situação existe desde 2007 quando entramos com uma ação civil pública no MPE e depois ganhamos na Justiça contra a empresa. Nosso entendimento é contra a monocondunção porque ela traz prejuízo ao trabalhador por questões de saúde e segurança, tanto dos maquinistas quanto de terceiros”, explica Evanildo.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions