A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/07/2010 18:38

Acusado de matar arquiteta participa de reconstituição

Redação

Visando complementar as investigações do assassinato da arquiteta Eliane Nogueira, queimada viva em seu próprio carro, no dia 2 de julho, em Campo Grande, policiais da 4ª Delegacia de Polícia Civil levaram o empresário Luiz Afonso Santos de Andrade até a conveniência Sadan Festas, na avenida Três Barras, para a reconstituição de imagens.

Luiz Afonso é o principal suspeito de ter matado a ex-mulher e na madrugada em que o corpo dela foi encontrado carbonizado, passou em frente à conveniência duas vezes: na primeira parou para comprar fósforos e cigarros e depois, quando o crime já tinha acontecido, ele novamente foi flagrado pelo circuito de segurança caminhando em frente ao comércio.

De acordo com o delegado Wellington de Oliveira, responsável pelas investigações do caso, a reconstituição também foi feita com a intenção de melhorar o padrão gráfico analisado nas imagens filmadas no dia do crime, como movimento do corpo. Segundo ele, o padrão é o mesmo e não há dúvidas quando ao envolvimento de Luiz Afonso na morte de Eliane.

"As imagens adquiridas hoje tem o objetivo de complementar as anteriores, até mesmo para que não haja buraco nas investigações", disse o delegado ao Campo Grande News.

Ainda conforme Wellington, o laudo do local já estará em suas mãos e dentro de mais alguns dias o inquérito será concluído, com prisão preventiva de Luiz Afonso que, no momento, cumpre temporária. Ele continua detido na 4º Delegacia.

Quando chegou à conveniência, Luiz Afonso desceu sem algemas, mas após participar da ação, foi algemado ao entrar no carro para ser conduzido à delegacia.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions