A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

22/11/2009 11:28

Acusados de matar prostituta podem ir a júri em dezembro

Redação

O juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, decidiu manter os acusados Leonardo Leite Cardoso e Fernando Pereira Verone presos e colocou um júri popular na pauta de dezembro. Eles são acusados, com Hugo Pereira da Silva, pelo assassinato da garota de programa Claudinéia Rodrigues, em maio deste ano.

A decisão de colocar o julgamento dos três na pauta de dezembro foi tomada com base nas provas e inquéritos.

Para o magistrado, o fato de os réus serem primários, com bons antecedentes, endereço certo, universitários, de família de classe média e terem trabalho lícito não é o suficiente para garantir a liberdade.

 

Ele lembrou ainda que a garota de programa tinha "dificuldades para sobreviver" e que vendia o próprio corpo "honestamente sustentar os três pequenos filhos".

O crime - Os três abordaram as garotas de programa na área central e combinaram de ir para o motel Chega Mais. Eles estavam no Pálio Wekend do pai de Fernando. Após terem passado a porta do local, uma das garotas, de 51 anos, percebeu a situação de perigo e se jogou do carro.

A principal testemunha de acusação é justamente a garota de programa que se jogou do carro onde estavam os acusados e a vítima. Ela contou detalhes dos momentos em que ficou com o grupo. Claudinéia ficou com os rapazes e foi levada para uma área atrás do Aeroporto Internacional de Campo Grande.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions