A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

02/10/2009 09:07

Agepen corta hora extra em presídios

Redação

A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) anunciou o corte de horas extras para agentes penitenciários lotados em todo complexo de Campo Grande.

O "extra" será remanejado, e passará a ser pago aos peritos que atuam no setor de segurança.

A informação é do presidente do sindicato dos agentes penitenciário, Fernando Anunciação. Segundo ele, o comunicado feito ontem pela Agepen começa a valer neste mês.

Em junho deste ano, a agência decidiu aumentar o valor pago pelas horas extras aos agentes para elevar o número de servidores nos plantões.

A medida foi adotada depois de uma paralisação feitas pelos servidores que reivindicavam a realização de concursos para contratação de mais agentes.

Com a decisão, os plantões nas penitenciarias passaram a contar com cerca de 20 servidores.

Na avaliação de Anunciação, a medida agora, com novamente a redução das horas extras, compromete a segurança interna dos presídios, já deficiente. "Os plantões vão ter 3 agentes a menos, o que vai fragilizar ainda mais o sistema", afirmou.

Para ele, o ideal seria a contratação de novos servidores, mas o extra amenizava a deficiência nas unidades penais.

Servidores do complexo telefonaram ao Campo Grande News para protestar, mas pediram para não ser identificados, por medo de retaliação.

"Será o caos. O risco de rebelião já é grande, com menos agentes nos plantões, é quase certo um motim", anuncia um dos agentes lembrando que no final de 2008 os presos marcaram a véspera de Natal com rebelião no Instituto Penal.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions