A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/05/2014 10:52

Além de terras, assembleia indígena vai discutir saúde e educação

Aliny Mary Dias

A Grande Asembleia do Povo Terena, evento que discute a situação dos indígenas em Mato Grosso do Sul e deve reunir mais de 600 pessoas, começa nesta quarta-feira (7) e vai debater além das questões envolvendo o território, a saúde e a educação de várias tribos do Estado.

A abertura do evento que acontece na Aldeia Babaçu em Miranda, distante 201 quilômetros da Capital, será às 19 horas com apresentações culturais tradicionais.

Durante a quinta-feira, o assunto será os conflitos fundiários. A mesa de discussão deve se estender durante todo o dia e reúne o procurador do MPF (Ministério Público Federal), Emerson Kalif, representantes da SDH (Secretaria de Direitos Humanos), da Funai (Fundação Nacional do Índio) e do Cimi (Conselho Indigenista Missionário).

No terceiro dia de assembleia, os índios irão discutir a saúde nas aldeias e a retomada da educação indígena. No último dia, no próximo sábado (10), os assuntos serão sustentabilidade e organização do Conselho Terena.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions