A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/03/2010 10:28

Aliança Francesa dá apoio a grupo de haitianos em MS

Redação

A Aliança Francesa em Campo Grande está dando apoio ao grupo de haitianos presos em Mato Grosso do Sul e que seria deportado. Sob a orientação da Aliança, as 14 pessoas solicitaram nesta manhã refúgio ao Brasil, e a ordem para deixar o País foi suspensa.

Elas estão sendo acompanhadas pela cônsul honorária da França em Campo Grande, Arlete Saddi Chaves. A solicitação de refúgio está sendo feita à Delegacia de Imigração da Polícia Federal. Segundo a informação da PF, com a solicitação, fica suspensa a ordem de deportação dada aos haitianos.

Ainda não há definição, segundo a cônsul, sobre onde as pessoas vão ficar. Até hoje cedo, elas estavam no Cetremi (Centro de Triagem do Migrante), mantido pela Prefeitura de Campo Grande.

A PF informou que o pedido de refúgio é uma manifestação pessoal e não havia sido feita anteriormente pelos haitianos, até eles receberam orientação da Aliança Francesa.O contato dos representantes da Aliança com eles foi feito ontem, após uma visita ao Cetremi.

Ligação histórica- O apoio da Aliança Francesa aos haitianos tem relação com a história do país caribenho. O Haiti foi colônia primeiro da Espanha, depois foi cedido à Franla, em 1697, quando se chamava Saint-Domingue.

Hoje, a língua francesa é falada no País, junto com dialetos como o creole.

A permanência do grupo no Brasil havia sido defendida ontem pelo embaixador do Haiti, Idalbert Pierre-Jean. Em entrevista ao Campo Grande News ele disse que os haitianos ficassem no país, como forma de ajuda humanitária.

Idalbert afirmou que retornar neste momento seria muito difícil para as pessoas que fugiram do País, dada à situação crítica de miséria após o terremoto que arrasou o Haiti no dia 12 de janeiro.

Os dois grupos pegos pela Polícia Rodoviária Federal e encaminhados à PF estão viajando desde janeiro, fugindo da miséria do Haiti. Eles percorreram mais de 4,2 mil quilômetros, saindo do Panamá, passando pelo Peru e entrando no Brasil pela fronteira com a Bolívia, em Corumbá.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions