A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Junho de 2018

18/06/2008 08:40

Alunos e funcionários da UFMS fazem protesto por eleição

Redação

Alunos, técnicos e professores da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) estão reunidos desde as 8 horas desta manhã no estádio Morenão, para reivindicar que a direção promova a eleição para reitor. Um abaixo-assinado com cerca de 1.700 nomes será repassado com o pedido.

Os manifestantes temem que a eleição seja realizada durante o período de férias na instituição que começa no dia 4 de julho próximo. Eles alegam que, como o voto não é obrigatório, poucas pessoas iriam às urnas, tornando o resultado pouco democrático.

A aluna do primeiro ano de Biologia, Carolina Turatti, de 20 anos, considera os estudantes "os mais afetados com a escolha do reitor. Por isso precisamos melhorar o peso dos votos".

O acadêmico de Engenharia Elétrica, Pedro Henrique Manso, de 19 anos. tambéma cabou de entrar na UFMS e cobra direitos iguais. "Na democracia, o voto tem de ter peso igual"

Na manifestação de hoje também será lançado um novo abaixo-assinado pedindo a paridade dos votos na eleição para reitor. Da maneira como é realizada hoje, os pesos dos votos estão divididos da seguinte forma: 70% para os 712 professores, 15% para os 1.779 técnico-administrativos e 15% para os 12.268 alunos.

Isso quer dizer que são necessários 817 alunos para compor 1% dos votos contra 10 professores para atingir o mesmo percentual.

O que os manifestantes reivindicam é que os votos tenham peso de 33,3% tanto para professores como para técnicos e alunos.

Segundo o chefe de gabinete da reitoria, Robert Souza, a comissão criada para decidir o andamento das eleições está mobilizada para dar inicio ao processo o quanto antes.

Quanto a paridade dos votos, segundo Robert, existe uma lei que impossibilita instituições de realizarem alterações nestes parâmetros.

Ditadura - O modelo eleitoral criado na época da ditadura prevê ainda que terminada as eleições uma lista com os nomes dos três candidatos mais votados deve ser enviada a Brasília para que o MEC decida quem será o novo Reitor.

O próximo reitor da UFMS deverá administrar um orçamento anual de aproximadamente R$ 240 milhões anuais na gestão de 2008 a 2012.
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions