A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/08/2012 14:25

Analistas da Receita Federal param mais uma vez nesta quinta-feira

Paula Maciulevicius

Durante todo o dia, servidores estarão mobilizados como forma de pressionar o governo para que atenda as reivindicações da categoria

Servidores federais alegam que ainda não foi apresentada nenhuma proposta objetiva e concreta por parte do governo. (Foto: Rodrigo Pazinato)Servidores federais alegam que ainda não foi apresentada nenhuma proposta objetiva e concreta por parte do governo. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Os analistas da Receita Federal de todo país paralisam mais uma vez as atividades nesta quinta-feira. Em todo o Estado, 100 analistas vão cruzar os braços, pedindo por melhoria salarial.

Segundo o delegado do Sindireceita (Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil), Cláudio Brasil Ferreira, os servidores vão estar a partir das 8h30 em frente à superintendência da Receita, em Campo Grande.

A paralisação acontece na mesma data em que a diretoria do Sindireceita se reúne com representantes do Governo Federal para apresentação da proposta final de reajuste.

Durante todo o dia, os servidores estarão mobilizados como forma de pressionar o governo para que atenda as reivindicações da categoria. O protesto vai afetar setores como conferência de bagagens e mercadorias em portos e aeroportos e o atendimento nos Centros de Atendimento ao Contribuinte, Agências, Delegacias e demais unidades da Receita Federal.

De acordo com o Sindireceita, o último acordo com o governo irá completar quatro anos e até o momento as mesas de negociação não avançaram. Os analistas reivindicam a devida reestruturação remuneratória, por ocuparem a 107ª posição na lista salarial divulgada pelo Ministério do Planejamento referente aos cargos de analistas do Ciclo de Gestão do poder Executivo.

Após várias reuniões da mesa de negociação, que integra mais de 31 entidades, os servidores públicos federais alegam que ainda não foi apresentada nenhuma proposta objetiva e concreta por parte do governo.

Governo promete cortar salário de 11 mil servidores em greve
O salário de 11.495 servidores públicos, a ser depositado no início do próximo mês, sofrerá reduções de acordo com o número de dias que eles não comp...
Há dez dias do envio do Orçamento ao Congresso, greves seguem indefinidas
Faltando dez dias para 31 de agosto, prazo final para envio do Orçamento ao Congresso Nacional com a previsão dos gastos com a folha de pagamento em ...
Policiais da PRF em greve fazem manifesto em frente de superintendência
Policiais rodoviários federais em greve fizeram um manifesto na manhã desta terça-feira (21), em frente da superintendência da força policial na rua ...
Fiscais agropecuários prometem para amanhã distribuição de 2 mil litros de leite
Com a greve suspensa pela justiça, ficais agropecuários federais que atuam em Mato Grosso do Sul irão realizar um protesto amanhã (22), na praça do R...


10 mil Inicial fora as diárias, que tristeza heim, se todo servidor público quiser correção da inflação todo dinheiro do contribuinte vai servir para pagar o serviço público que é além de absurdamente caro é ineficiente.
 
Roberto Inzagaki em 23/08/2012 08:28:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions