A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/11/2009 16:08

Após 12h, PC liberta criança sequestrada e prende autor

Redação

Após 12 de negociação, a Polícia Civil conseguiu libertar uma criança e prender o sequestrador, em Bonito, cidade que fica a 257 quilômetros de Campo Grande.

No início da tarde dessa quarta-feira, Ramão Gomes, 33 anos, sequestrou o filho da ex-companheira dele e ameaçava matar o menino caso a mulher não reatasse o relacionamento com ele.

De acordo com a Polícia Civil, por volta de 12h30 autor estava na casa dele, com o menino, a mulher e a mãe dela. A mãe do garoto saiu para trabalhar e antes mesmo de chegar ao local de serviço, Ramão ligou para e disse que estava com o menino e se caso ela não voltasse com ele, nunca mais iria ver o filho.

Por volta de 15h a mulher acionou a Polícia Civil, que procurou pelo autor em residências de familiares e amigos dele, e em outros locais em que ele poderia estar. Porém, não o encontraram.

Segundo a Polícia Civil, enquanto as diligências eram realizadas, Ramão ligava várias vezes para a mulher e para alguns familiares. Ele demonstrava estar muito nervoso e agressivo e recusava-se a negociar qualquer tipo de encontro ou entrega do refém. Apenas afirmava que desejava encontrar com a ex-companheira. Em um determinado momento, Ramão desligou o celular.

Por volta das 18h30, Ramão ligou novamente para a ex-companheira e determinou que ela fosse até a primeira ponte da estrada que liga Bonito a Aquidauana.

Policiais civis foram para o local em carros e a mulher, de bicicleta. Enquanto esperava Ramão, a mãe do garoto recebeu outra ligação dele, dizendo que não queria policiais no local.

A mulher e os policiais voltaram para a cidade, houve várias tentativas de negociação até que o autor marcou encontro em uma pousada. No entanto, desmarcou novamente.

Os policiais então propuseram a ele trocar a criança pela mulher. Ele aceitou e indicou uma residência na Vila Marambaia.

Dois policiais vestidos de coletes de moto-taxistas foram para o local e conseguiram prender Ramão, mas a criança não estava com ele. Ramão ainda tentou sacar uma faca que portava na cintura.

Houve uma rodada de negociação para ele indicar o local onde estava o menino. Após 30 minutos, Ramão acabou entregando onde estava a criança.

O menino foi então encontrado na varanda de um imóvel abandonado e trancado, dormindo em um pedaço de colchão.

A criança foi entregue à mãe e o autor autuado em flagrante. Ramão e a mulher conviveram por um mês.

STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
UFGD oferece vagas em 36 cursos de graduação pelo Sisu
A UFGD (Universidade da Grande Dourados) está ofertando 944 vagas em 36 cursos de graduação para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As inscrições...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions