A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

08/04/2016 16:35

Após uma hora de inspeção, aeronave é liberada e voa para São Paulo

Michel Faustino
Avião passou por inspeção que durou aproximadamente 1 horas. (Foto: Ricardo Campos Jr.)Avião passou por inspeção que durou aproximadamente 1 horas. (Foto: Ricardo Campos Jr.)

A inspeção na aeronave da empresa TAM Viagens, que transportava passageira de 57 anos com suspeita de gripe A, a H1N1 ou gripe suína, durou cerca de uma hora e o avião foi liberado, retomando voo para a cidade de São Paulo. Diferente do que foi publicado anteriormente em matéria que fala que o aparelho ficou retido, a informação é de que se trata de procedimento padrão quando há registros de casos que acuse a propagação de doenças infectocontagiosas.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a companhia afirma que prestou toda a assistência necessária à passageira, que passou mal durante o voo. A empresa reitera que segue todas as determinações do Ministério da Saúde e demais órgãos.

"A TAM esclarece ainda que prestou a assistência necessária à cliente que passou mal a bordo no voo JJ3614 (São Paulo/Guarulhos - Campo Grande), que decolou às 8h17 de hoje (8), e reforça que segue todas as determinações do Ministério da Saúde", traz nota da empresa.

Caso - Depois de ser avisado pela tripulação que a passageira estaria passando mal, o comandante do voo informou a companhia aérea sobre o caso, em seguida a Anvisa acionou a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), que iniciou plano de emergência.

A Infraero confirmou que a tripulação do voo disse que a mulher estaria com influenza A (H1N1). A passageira foi socorrida às 9h52 – mais de uma hora após o pouso da aeronave, que já estava em pista às 8h37 –, e levada para a UPA da Vila Almeida.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions