A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

23/11/2009 14:55

Apreendido último adolescente envolvido em espancamento

Redação

Depois de semanas de investigação, foi apreendido pela Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude) na última sexta-feira (20) o quarto e último adolescente responsável pelo espancamento que resultou na morte de Nicholas Barbosa Cesco, de 16 anos, ocorrida na madrugada de 15 de novembro deste ano, na saída de um show realizado na UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), em Campo Grande.

Todos os envolvidos no crime, três adolescentes de 16 e um de 14 anos de idade, foram apreendidos por homicídio doloso qualificado e encaminhados para a Unei (Unidade Educacional de Internação) Dom Bosco.

Dois deles eram vizinhos de bairro de Nicholas, e os outros dois moradores do Jardim Noroeste.

Investigação feita pela delegada Maria de Lourdes Canno, titular da Deaij, indicou que os garotos premeditaram o espancamento. Os quatro adolescentes esperaram Nicholas na saída do show, minutos após ter ocorrido um desentendimento entre um de seus amigos e o adolescente de 14 anos. Neste momento, Nicholas e o menino teriam se agredido e ele foi jurado de morte.

Quando saiu do local, junto com os amigos e a namorada, já próximo de um ponto de ônibus na avenida Tamandaré, ele foi interceptado pelos quatro e começou o espancamento. Ele chegou a ter a cabeça pisoteada por um dos agressores.

Durante a ação, Nicholas foi atingido por uma pedrada na cabeça e precisou da ajuda dos amigos para levantar do chão. Após apanhar, ele começou a vomitar e reclamar de muita dor de cabeça.

O atendimento médico, feito pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou apenas meia hora depois, segundo a Polícia. O garoto foi socorrido, encaminhado para um posto de saúde e depois para a Santa Casa.

As agressões provocaram traumatismo craniano e ele entrou em coma no hospital. Nicholas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Detalhes do caso e da investigação da Polícia serão dados durante entrevista coletiva, que será realizada hoje às 16h30 na Deaij.

Além da prisão dos autores, a Polícia irá instaurar autos complementares para apurar se houve negligência das instituições envolvidas no caso.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions