A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/02/2012 00:31

Associação de oficiais militares em MS é contra greve da categoria no país

Elverson Cardozo

Órgão afirma que a disseminação de movimentos radicais não será incentivado em Mato Grosso do Sul

A ABSSMS (Associação Beneficente dos Subtenentes, Sargentos e Oficiais de Mato Grosso do Sul), oriundos do quadro de sargentos policiais e bombeiros militares, se posicionou contrária à greve da categoria na Bahia e no Rio de Janeiro. Para a entidade, a disseminação de movimentos radicais sob o pretexto de reivindicar direitos não será incentivada no Estado. A luta por melhores condições de trabalho, por legalidade e legitimidade, será mantida por meio do diálogo.

Apesar de classificar como “absurda” a disparidade salarial entre militares e bombeiros, a ABSSMS afirma que a paralisação é lamentável e carece de legalidade.

“É inegável que a greve serve tão somente para manchar a imagem dos estados membros e do país no cenário nacional e internacional, além de desencadear uma onda de repulsa social que tanto admira e enxerga no policial e no bombeiro militar, agentes públicos com alto índice de aceitação e confiabilidade”, diz trecho da nota de esclarecimento publicada no site da entidade.

No documento, o presidente da associação e subtenente da PM (Polícia Militar, Thiago Monaco Marques, pede aos servidores que não se deixem levar pelo “Canto da Sereia, “onde oportunistas de plantão e pseudo-representantes de classes possam se valer do momento trágico para, num futuro próximo, buscarem suas pretensões políticas pessoais”.

Em outro trecho, o órgão afirma que o diálogo com autoridades legalmente constituídas será mantido em busca de conquistas, seja por melhores salários condições de trabalhos, carga horária e ascensão profissional.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...


Sem comentário estou me desligando dessa ABSSMS
 
Rose Ximenes em 12/02/2012 06:31:33
Claro que serão contra! Recebem os oficias de MS recebem o melhor salário do Brasil! Maior até mesmo que o de Brasília, não tem motivos para querer uma GREVE, já os praças do nosso Estado recebem o 18o pior salário do Brasil. Quanta desigualdade...
 
João Oliveira em 11/02/2012 12:43:52
Concordo plenamente com o comentário do xará Joao Oliveira, por isso a corporação da PM do MS, é desunida e as associações divididas, as demais associações ACS/MS e ABSSPMBM/MS; são subordinadas a associação dos Oficiais, elas só se manifestam com aval da associação dos Oficiais PM e BM/MS.
Enquanto isso só ficamos por cima do muro, todos querem a PEC 300.
 
JOAO DA SILVA NOGUEIRA SCHEINER em 11/02/2012 07:59:02
A única associação que luta por alguma coisa na PM é a ACS, e quando se conquista algo atinge a todos, oficiais ou nao. Qual oficial vai querer perder seu lugar à sombra (TCE, ASSEMBLEIA, TJ, MP ou SEGOV)? Se acabasse com os acumulos de função ou cabides no governo a segurança seria mto melhor!
 
edicarlos macedo em 11/02/2012 03:04:44
Se dependessemos de associacoes como essas estariamos mais lascados ainda. Infelizmente vivemos ainda na era do "peleguismo" onde sindicatos e associações existem para atenter interesses de poucos. Na PM existem 2 grupos distintos: os policiais que atendem o povo (bem ou mal, mas atendem) e os oficiais, estes, logicamente nao tem motivos para fazer greve, tem inumeras vantagems.
 
Marcio Ayres BRito em 11/02/2012 03:00:25
“Canto da Sereia, “onde oportunistas de plantão e pseudo-representantes de classes possam se valer do momento trágico para, num futuro próximo, buscarem suas pretensões políticas pessoais”....

Se bem me lembro foi isso mesmo que a nossa Presidente fez, passou um melzinho na boca dos PM´s/BM´s, encenou um apoio a aprovação da Pec 300 (antes de ser eleita).
Depois...bau bau.
 
Cláudio Cavalcante em 11/02/2012 01:36:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions