ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 26º

Cidades

Até 31 de agosto, Crea fiscalizará 2,3 mil obras e empresas em 36 cidades

Conselho concentrará serviços no combate ao exercício ilegal das profissões em obras e serviços da engenharia, agronomia, geografia, geologia e meteorologia

Danielle Valentim | 09/08/2018 06:55
Fiscalizações estarão concentradas em empresas de alarme e monitoramento. (Foto: Dovulgação)
Fiscalizações estarão concentradas em empresas de alarme e monitoramento. (Foto: Dovulgação)

O Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul), em combate ao exercício ilegal das profissões em obras e serviços da engenharia, agronomia, geografia, geologia e meteorologia, deverá realizar, de 1º a 31 de agosto, 2.310 fiscalizações em 36 municípios do Estado.

Neste mês, as fiscalizações estarão concentradas em empresas de alarme e monitoramento, em eventos, atividades de mineração, obras civis, prefeituras e em cartórios, neste são verificados se os projetos de custeio agropecuários possuem responsáveis técnicos e suas respectivas ARTs (Anotações de Responsabilidade Técnica).

Para realizar obras e serviços nessas áreas são necessários, além da contratação de profissional com registro no Crea-MS, a emissão de ART - formulário onde são informados local, proprietário, atividades desenvolvidas e certificação de autoria dos serviços executados.

“O documento é essencial para garantia de segurança do contratante e do contratado, já que serve também como contrato de prestação de serviços, registrando as atividades técnicas para as quais o profissional foi contratado”, alerta o gerente de fiscalização Luiz Antonio Silva.

Canal de denúncias – Irregularidades em empreendimentos e serviços e demais atividades profissionais ligadas à engenharia, agronomia, geografia, geologia e meteorologia podem ser encaminhadas para verificação pelos agentes fiscais.

Clicando no link Denúncia Fiscalização é possível, a qualquer pessoa, relatar irregularidades como, por exemplo, ausência de profissionais, inexistência de placa em obras, atividade sendo realizada por leigo e acobertamento por parte de profissionais.
O sistema também permite o envio de imagens.

Outras informações podem ser obtidas no Departamento de Fiscalização, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h, pelo telefone 67 3368-1014 ou pelo atendimento virtual via chat, no site do Crea-MS, www.creams.org.br

Programação de fiscalizações

1º a 31 de agosto
Campo Grande, Dourados e Paranaíba

6 a 10 de agosto
Camapuã, Paraíso das Águas, Terenos, Dois Irmãos do Buriti, São Gabriel do Oeste, Miranda, Bodoquena, Fátima do Sul, Vicentina, Jateí, Alcinópolis, Costa Rica e Figueirão

13 a 24 de agosto
Três Lagoas

13 a 17 de agosto
Nova Andradina, Sidrolândia, Nioaque, Aral Moreira, Amambai, Coronel Sapucaia,

20 a 24 de agosto
Bataiporã, Taquarussu, Novo Horizonte do Sul, Laguna Carapã, Caarapó, Juti

27 a 31 de agosto
Porto Murtinho, Caracol, Chapadão do Sul, Naviraí, Paranhos, Sete Quedas e Tacuru

Nos siga no Google Notícias