A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/10/2011 19:08

Aves silvestres apreendidas pela PF em Chapadão do Sul estão no CRAS

Ana Paula Carvalho e Paula Maciulevicius
Araras estavam entre animais apreendidos pela Polícia. (Fotos: João Garrigó)Araras estavam entre animais apreendidos pela Polícia. (Fotos: João Garrigó)
Periquitos estão em lista de animais que correm risco de extinção, segundo Ibama. Periquitos estão em lista de animais que correm risco de extinção, segundo Ibama.

As 68 aves silvestres apreendidas, ontem, pela Polícia Federal em Chapadão do Sul, município distante 321 quilômetros de Campo Grande, foram encaminhadas ao CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) da Capital.

Foram localizados papagaios, periquitos, duas araras nativas e uma cacatua, que chega a ser vendida por R$ 25 mil no “mercado ilegal de animais”. Eles estavam em dois pet shop e duas casas. Os responsáveis pelos locais não tinham licença para comercializar animais silvestres.

De acordo com o Ibama, os periquitos e os papagaios estão na lista de animais que correm risco de extinção. A Polícia Federal começou as investigações a partir de um homem que mora em São Paulo.

Os responsáveis pelos estabelecimentos e pelas casas foram multados em R$ 185.300 mil. Além de introduzirem espécie animal no país sem parecer técnico ou licença de autoridade competente. Os responsáveis foram autuados nos crimes previstos na Lei de Crimes Ambientais, que prevê penas de até um ano de reclusão e multa.

Após prestarem depoimento, assinaram termo de compromisso para comparecimento à Justiça Federal.

Tráfico internacional - De acordo com a Polícia Federal, essa prática é a terceira maior economia quando o assunto é tráfico internacional. Por ano, são movimentados R$ 20 bilhões em todo o mundo. O Brasil é responsável por 15% desse montante.

Procedência - Anna dos Santos, analista ambiental do Ibama, orienta a população de que não é proibido criar animais silvestres, desde que eles estejam regularizados juntos aos órgãos responsáveis. "Ao comprar um animal é necessário pedir ao pet shop a nota fiscal com o número de identificação do que está sendo comprado", diz.

Ela ainda reforça, que o objetivo do Ibama é coibir a ilegalidade. Que não é proibido vender animais silvestres, mas nesse caso, não havia autorização do órgão. Ainda de acordo com ela, o tráfico de animais tem força porque muitas pessoas compram nesse mercado por ser mais barato.

Aves exóticas estão entre animais apreendidos (Fotos: João Garrigó)Aves exóticas estão entre animais apreendidos (Fotos: João Garrigó)
Animais estavam sendo comercializados sem autorizaçãoAnimais estavam sendo comercializados sem autorização
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...


Mais uma vez em contato com o PET SHOP AU AU ETC E TAL, dessa vez sendo a proprietaria " KHEL" a me atender por telefone, me disse em alto e em bom som que o dinheiro não sera devolvido. Depois de toda a grosseria! Veio me pregar DEUS no coração. Lembrou de DEUS porque falei em dinheiro, e e isso que doi nessas pessoas $$$.
 
Lolaine Lopes em 10/10/2011 03:45:44
Além de aves silvestres, vendem animais doentes!!! Comprei uma cachorra da raça York Shire dia 26/09 que entrou em tratamento dia 28/09. Não resistindo a doença que provavelmente é cinomose. Em contato com o PET SHOP AU AU ETC e TAL em Chapadão do Sul. Alegam não terem responsabilidade quanto a morte do animal. Que viveu na minha casa 3 dias. PET SHOP AU AU ( COMPRE UM CACHORRO E FIQUE MAL).
 
Lolaine Lopes em 06/10/2011 01:52:36
Multa de R$ 185.300. Duvido que paguem. No final, como sempre, tudo acaba em pizza. Certamente que vai aparecer a mãozinha caridosa de algum "padrinho influente" pra quebrar essa multinha. Em nosso país, geralmente só quem paga multa é pobre e trabalhador, que não tem padrinho influente. O IBAMA e a PF fazem a parte deles, e muito bem feita por sinal, mas infelizmente a politicagem estraga tudo.
 
Fernando Silva em 05/10/2011 01:03:04
Espero que esses malditos traficantes, apodreçam na cadeia sem essa de multinha e pronto.
Sou RADICALMENTE contra venda de animais. Essa palhaça,que estiga criminosos a prática desse tipo de crime. Infelizmente, nos orgãos de defesa sempre existe uma laranja podre, que facilita as coisa para bandidos. Não deveria ser dado permissão a prática em cativeiro, salvo excessão citada por um veterinário.
 
neyde de oliveira em 04/10/2011 09:35:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions