A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

19/12/2017 14:45

Bombeiros recebem nova viatura e aguardam Magirus e equipes avançadas para 2018

Comandante da corporação afirma que o objetivo é contar com médicos em equipes de atendimento, o que depende da realização de concurso público

Humberto Marques e Kleber Clajus
Primeira das viaturas Agrale Marruá foi entregue nesta terça-feira. (Foto: Paulo Francis)Primeira das viaturas Agrale Marruá foi entregue nesta terça-feira. (Foto: Paulo Francis)

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul recebe nesta terça-feira (19), em solenidade na Governadoria, a primeira das duas viaturas preparadas para transitar em locais de difícil acesso, e espera, no ano que vem, já contar com a nova escada Magirus. Além disso, pretende adaptar algumas viaturas para a prestação de atendimentos avançados –contando com equipes médicas.

Os anúncios foram feitos ao Campo Grande News pelo comandante do Corpo de Bombeiros, o coronel Esli Ricardo de Lima. “A intenção com isso é melhorar a qualidade do serviço prestado ao cidadão”, salientou, momentos antes do ato de entrega de duas viaturas Agrale Marruá, adquiridas por meio de termo de cooperação técnica com o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e de emenda parlamentar a deputada federal Tereza Cristina (sem partido) e que serão destinadas a Campo Grande e Naviraí.

Cada uma das viaturas custou R$ 241,5 mil, tratando-se de veículos preparados para superar obstáculos com mais facilidade. Uma delas será destinada a Naviraí –a 366 km de Campo Grande–, por indicação da parlamentar. A outra ficará na Capital por uma questão de logística (permitindo que seja deslocada com mais rapidez a regiões do Pantanal entre Corumbá e Coxim, por exemplo).

Além das viaturas, serão entregues nove kits compostos por tanque e bomba de pressurização, a serem acoplados nas novas viaturas e em outras caminhonetes que já estão à disposição dos bombeiros.

Modernização – Conforme o comandante, a nova escada Magirus deve começar a operar em 2018. O veículo foi adquirido com recursos do programa MS Mais Seguro e contará com uma escada de 60 metros (capaz de alcançar até o 18º andar de prédios). A atual, da década de 1970, pode chegar a 30 metros.

Também no ano que vem, o Corpo de Bombeiros deve dar início à adaptação de viaturas para prestação de serviços avançados, com a presença de médicos. Neste caso, porém, a adoção do projeto depende do concurso público, previsto também para o ano que vem, para a admissão de novos bombeiros –e que deve contar com 12 vagas de médicos.

“O serviço estará disponível logo depois do concurso e da formação de seis meses dos profissionais como bombeiros militares”, disse o coronel Esli.

Outro projeto, discutido em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde e nos moldes do que já existe em outros Estados, envolve o uso de uma aeronave exclusivamente pelos bombeiros. A intenção seria destinar um helicóptero para o atendimento de ocorrências, principalmente em rodovias e áreas de difícil acesso. O investimento estimado nesse projeto é de R$ 10 milhões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions