A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

08/01/2018 14:15

Campanha contra abastecimento acima do limite será intensificada em postos de MS

Procedimento causa sérios riscos à saúde do frentista, que fica exposto ao benzeno

Osvaldo Júnior
Frentistas durante campanha Não passe do limite (Foto: Divulgação)Frentistas durante campanha "Não passe do limite" (Foto: Divulgação)

O Sinpospetro/MS (Sindicato dos Empregados em Postos de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Mato Grosso do Sul) intensifica, a partir deste mês, a campanha “Não passe do limite”. A ação visa sensibilizar profissionais da área sobre perigos de contaminação e os procedimentos corretos no abastecimento de veículos. 

De acordo com o sindicato, abastecer acima do limite determinado por lei pode causar problemas sérios à saúde do frentista, que fica exposto ao benzeno, substância cancerígena. "O abastecimento no limite do automático dos veículos virou lei; primeiro, estadual e agora, federal", lembra José Hélio da Silva, presidente do Sinpospetro/MS.

José Hélio informou que a entidade fez uma sondagem e comprovou que muitos frentistas ainda perguntam ao consumidor se querem que o abastecimento continue acima do “click” do automático. “Ora, se existem trabalhadores de nossa área que ainda não estão conscientes do perigo a que ficam expostos quando efetuam esse ato contra lei, precisamos intensificar nossa campanha", argumenta. 

A ação é feita em conjunto com o MPT (Ministério Público do Trabalho) e FSSHT-MS (Fórum de Saúde, Segurança e Higiene no Trabalho no Mato Grosso do Sul), entre outros órgãos.

O Sinpospetro/MS, segundo o diretor Gilson da Silva Sá, confeccionou panfletos, folders e jornais educativos sobre a campanha. Ele informou também que na região da Grande Dourados, onde foi fundado recentemente um sindicato, será desenvolvida também uma intensa campanha a partir deste mês.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions