A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

26/01/2008 09:12

Campanha da Sesau lembra Dia de Combate à Hanseníase

Redação

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) realiza neste fim de semana uma campanha para marcar o Dia Mundial de Combate à Hanseníase, lembrado no último domingo do mês de janeiro.

De acordo com a gerente técnica do Programa de Controle de Hanseníase, Sueli Diório de Almeida, uma gravação com informações sobre a hanseníase será levada, por meio de uma motocicleta com caixa de som, às regiões com maior incidência de casos.

"A Sesau divide a cidade em distritos. E os distritos Oeste, região do Imbirussu e Lagoa; e Sul, região do Anhanduizinho registram mais casos", aponta. No ano passado, foram identificados 134 casos de hanseníase. Segundo a gerente do programa de controle da hanseníase, a incidência é considerada dentro da média.

Conforme Sueli de Almeida, as pessoas que apresentarem manchas na pele sem sensibilidade, como ao calor ou ao frio, com queda de pelos e sem suor devem procurar um posto de saúde.

O tratamento é gratuito e tem duração de seis meses a um ano. "Após a descoberta de um tratamento eficaz, [a doença] passou de lepra para hanseníase", explica. Sob o estigma da lepra, as pessoas eram isoladas em hospitais.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions