ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  09    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

Campanha entrega panfletos em feira sobre violência contra a mulher

Por Leonardo Rocha | 26/11/2017 11:20
Entrega de panfletos ocorreu nesta manhã, na feira do Guanandi (Foto: Divulgação)
Entrega de panfletos ocorreu nesta manhã, na feira do Guanandi (Foto: Divulgação)

No segundo dia da campanha "16 Dias de Ativismo", que s trata de uma mobilização contra violência à mulher, equipes foram até a feira do bairro Guanandi, região sul de Campo Grande, fazer abordagens e distribuir panfletos a comerciantes, fregueses e moradores do bairro, para conscientizá-los sobre esta situação.

De acordo com a subsecretaria e Políticas Públicas para as Mulheres, Luciana Azambuja, o objetivo destas abordagens é justamente fazer a sociedade discutir a "violência contra mulher", para entender o quadro no Mato Grosso do Sul e em todo Brasil.

A programação da campanha, que está sendo realizada no governo estadual, já tem na programação de amanhã (27) entrevistas para imprensa, além de uma blitz educativa, com distribuição de material impresso, no Trevo Imbirussú, próximo ao Terminal Bandeirantes. Também haverá uma palestra com a promotora Luciana do Amaral, na Casa da Mulher Brasileira.

Campanha - Esta iniciativa do governo estadual segue uma mobilização mundial, que ocorre em mais de 160 países, que começou no Brasil em 2003. No Mato Grosso do Sul a ação se tornou parte do calendário estadual, desde 2015.

A campanha tem como objetivo conscientizar a população sobre a necessidade de erradicar a violência contra a mulher e avaliar os avanços e retrocessos nas políticas públicas, as ações de enfrentamento à violência e a eficácia da Lei Maria da Penha.

As ações começaram ontem (25) e seguem até o dia 10 de dezembro, tendo panfletagens, blitz educativas, rodas de conversa, palestras, entrevistas em rádios e ações de mobilização, bem como serão trabalhadas nas redes sociais, diariamente durante os 16 dias, peças que falarão sobre várias formas de violência.

Conduzida pela Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres e no interior, terá adesão de 35 prefeituras, que receberam material impresso (panfletos), camisetas, slides para uso em rodas de conversa e peças para mídia social.