A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/08/2009 11:47

Capital amanhece com "zebras" para liberar cruzamentos

Redação

Campo Grande amanheceu com "zebrados" no cruzamento da rua 14 de julho com a Barão do Rio Branco para evitar o trancamento das ruas e liberar o fluxo de veículos.

Na prática, significa que quem ficar com o carro ou moto parado sobre a área demarcada no momento em que o semáforo ficar vermelho será multado em 80 Ufirs (R$ 84,8) e levará 4 pontos na habilitação, mesma punição para quem para sobre a faixa de pedestres.

O diretor da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Rudel Trindade Espíndola Júnior, afirma que os zebrados serão implantados nos pontos mais críticos do centro de Campo Grande. O próximo ponto definido é o cruzamento da Avenida Afonso Pena com a rua 13 de maio.

Rudel afirma que hoje na região central o principal problema é justamente o fechamento dos cruzamentos e reforça: "quem desrespeitar será multado". A punição já é prevista no Código de Trânsito, mas a marcação da área é uma forma de deixar clara limitação do espaço.

O mototaxista Enísio da Silva, 39 anos, que trabalha há oito anos no ponto que fica no cruzamento da 14 de julho com a Barão do Rio Branco ficou surpreso ao ver o zebrado. "Amanheceu assim", afirma.

Por dedução, disse acreditar que a função da marcação é evitar que o cruzamento fique tumultuado. "Quem tem habilitação já deveria saber que não se pode fechar cruzamento", avalia.

Virlene Barbosa, 22 anos, acha que é importante a sinalização, porque "as pessoas não respeitam" e acrescentou que já conhecia os zebrados porque têm hábito de viajar para São Paulo, onde as marcações são comuns.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions