A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/10/2014 17:43

“Nuvem de trovoada” gera vendaval e fenômeno deve se repetir

Lidiane Kober

Os ventos de até 60 quilômetros por hora, que atingiram, na tarde desta quinta-feira (23), a região sul e sudoeste, na saída de Campo Grande para São Paulo e Três Lagoas, foram reflexo de uma grande “nuvem de trovoada”.

O fenômeno, conforme o meteorologista Natálio Abrão Filho, do Centro Meteorológico da Uniderp/Anhanguera, é resultado da associação de altas temperaturas com umidade intensa do ar.

“São grandes nuvens de trovoadas que formam em pontos isolados e o resultado é muito vento”, explicou o meteorologista.

Natálio, inclusive, alertou que há probabilidade de o fenômeno se repetir nos próximos dias em Campo Grande. A previsão leva em conta justamente a continuidade das altas temperaturas e da intensa umidade do ar.

Segundo ele, na hora da ventania, a temperatura nas regiões atingidas era de 34 graus.

Previsão - De acordo com o Inmet (Instito Nacional de Meteorologia), entre amanhã (24) e sábado (25), o padrão dos ventos em altitude favorecerá a formação do primeiro episódio de Zona de Convergência de Umidade do Atlântico Sul do ano, na região norte e oeste do Estado.

O resultado é chuva generalizada à tarde por conta do calor e da umidade disponível. No domingo (26), a área de baixa pressão atmosférica se desloca e as chuvas ocorrerão do centro para o norte de Mato Grosso do Sul.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions