A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Abril de 2019

18/10/2018 09:10

"Plantão pesado": em 5 horas, Campo Grande tem 4 assassinatos

Homicídios aconteceram em diferentes locais da Capital. Um dos casos ocorreu em uma das principais Avenidas da cidade

Izabela Sanchez e Bruna Pasche
Marcel Costa Hernandes Colombo, conhecido como “Playboy da Mansão” foi assassinado na Cachaçaria Brasil, na Avenida Fernando Correa da Costa (Reprodução)Marcel Costa Hernandes Colombo, conhecido como “Playboy da Mansão” foi assassinado na Cachaçaria Brasil, na Avenida Fernando Correa da Costa (Reprodução)

Campo Grande, entre a noite de quarta-feira (17) e a madrugada desta quinta (18), sangrou em diferentes locais. Isso porque, em cinco horas, 4 homicídios foram registrados, um deles na região central da cidade, em uma das principais Avenidas. O delegado plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, Enilton Pires Zalla, afirmou que o plantão foi atípico.

O primeiro crime ocorreu por volta das 22h30. Claudinei Seixas foi morto com 4 tiros no cruzamento das avenidas Coronel Antonino e Presidente Castelo Branco, no bairro Coronel Antonino. Conforme o delegado, o caso vai ser investigado pela 2ª DP (Delegacia de Polícia). A esposa da vítima, afirma, auxilia na apuração do caso.

Execução – Às 1h30, assassinato com 7 disparos, Marcel Costa Hernandes Colombo, conhecido como “Playboy da Mansão”, 31 anos, foi assassinado enquanto bebia com os amigos, na Cachaçaria Brasil, na Avenida Fernando Correa da Costa, na Vila Rosa Pires, em Campo Grande.

O caso, conforme o delegado, foi uma execução e vai ser investigado como homicídio qualificado e tentativa de homicídio, já que os disparos também atingiram Tiago do Nascimento Bento, 18 anos. O delegado afirma que nenhuma testemunha foi ouvida até o momento. Outro amigo da vítima teria fugido do local.

A investigação vai apurar se a execução tem ligação com os crimes cometidos por Marcelo, que foi alvo da Operação Harpócrates, realizada pela PF (Polícia Federal) em 21 de dezembro. A ação investigou a venda de produtos importados sem pagamento de impostos - crime de descaminho.

Às 3h30, na Rua Aladim, bairro Estrela do Sul, um indígena foi achado na calçada com um tiro no peito e no braço. Já na manhã desta quinta-feira, por volta das 6h, uma vizinha encontrou Josinaldo João da Silva, 40, conhecido como “Chave”, morto na Rua Atomo em uma área invadida do bairro Vivendas do Parque.

A polícia investiga se a vítima estaria envolvida em uma briga que ocorreu por volta das 2h. Josinaldo foi morto com uma facada na região do fígado. O delegado afirma que nunca presenciou um plantão com “tantas mortes”. Ele afirma que a Capital é tranquila, comparada com outros Estados e que as ocorrências são “anormais”.

Secretário estadual de segurança pública, Antonio Carlos Videira afirma que a inteligência das forças policiais já estão investigando os casos, em especial a execução que ocorreu na Avenida Fernando Correa da Costa. “Estamos fazendo o procedimento. A gente quer esclarecer”, declarou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions