A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/11/2012 09:23

A dor e o coração apertado da mãe que vê o filho envolvido com droga

Viviane Oliveira
A dor e o coração apertado da mãe que vê o filho envolvido com droga
“Fico com o coração partido em ver meu filho nesta situação”, disse Isodete. (Foto: Simão Nogueira)“Fico com o coração partido em ver meu filho nesta situação”, disse Isodete. (Foto: Simão Nogueira)

“É doído demais”. Foi assim que a dona de casa Isadete Araújo, 50 anos, resumiu o fato  de ver o filho, acusado de tráfico de drogas, Marcelo Araújo Santos, de 22 anos, chegando para depor na 5ª Vara do Tribunal do Júri, na última quinta-feira (8), em Campo Grande. Por ser militar, Marcelo está preso na 14º Companhia do Exército.

A família afirma que Marcelo não trafica e sim é dependente químico. Na prisão há mais de quatro meses, o jovem foi preso quando comprava porções de crack na casa de Neidinaldo do Nascimento da Silva, um dos acusados de matar o casal Luzia Barbosa Damasceno Costa, 25 anos, e do empresário Alberto Raghiante Junior, 55 anos, no dia 4 de julho deste ano.

A mãe disse que Marcelo se envolveu com droga depois que o irmão mais velho, Moacir Araújo de Lima, 22 anos, foi assassinado com dois tiros nas costas e um na nuca, em 2009. “Foi por desgosto, tristeza e fraqueza que ele começou a usar essa porcaria”, disse a mãe.

O jovem estudou até a 8ª série, entrou no quartel há cerca de três anos e serviu apenas cinco meses, depois se afastou da vida militar por causa da dependência química.

Prevendo o pior, a prima, Renata do Carmo Araújo Lima, 32 anos, chegou a pedir no Exército para ele ficar mais tempo no quartel, sem retornar para casa, mas foi em vão. Ele desistiu do quartel sem cumprir o tempo determinado e acabou ficando como foragido do Exército.

Militares do Exército acompanham Marcelo para depor. (Foto: Minamar Júnior)Militares do Exército acompanham Marcelo para depor. (Foto: Minamar Júnior)

“Fico com o coração partido em ver meu filho nesta situação”, lamenta a mãe, acrescentando que todos os sábados visita Marcelo no presídio.

Para a mãe, o jovem afirma que não quer mais saber da droga e quando voltar para casa pretende seguir um caminho diferente. “Ele sentiu na pele o mal que a dependência faz na vida de uma pessoa. Quando foi preso estava na hora, lugar e no momento errado. Tudo isso por causa da maldita droga”.

Quanto ao filho mais velho que foi morto, Isodete disse que o rapaz não era usuário de droga, sem entrar em detalhes, afirma “foi queima de arquivo, ele foi morto porque sabia demais”.

A família mora no bairro Cidade Morena. Além de Marcelo, Isodete tem um filho de 13 anos e mora com o irmão, José Lourenço, 74 anos, que ajudou a criar os sobrinhos trabalhando com materiais recicláveis. “Essa foi a única profissão que eu consegui ensinar para eles”, finaliza.



futebol, politica e religião e um assunto que ninguem ganha MAS UMA COISA E CERTO QUEM SALVA E TRAZ A CURA ESPIRITUAL E FISICA E A SUA FÉ E A BUSCA POR JESUS CRISTO, quanto a tabuleta de igrejas não salva ninguem, e os PASTORES ( OU FALSOS PROFETAS) QUE vivem pregando SALVAÇÃO DA ALMA a custa de dinheiro se verão com DEUS,,,a salvação é gratuíta CRE NO SENHOR JESUS CRISTO E SERÁ SALVO VOCE E SUA FAMILIA,,, tem que crer e mudar de vida, se afastar do mal e do pecado..
 
MATEUS COSTA em 16/11/2012 11:37:30
Sr. Pedro, com todo respeito; demônios prá sua ciência são aqueles senadores e deputados lá de Brazília que estão trabalhando prá liberar o uso de drogas por nossos jovens; Estão pouco se importando com a desgraça das famílias.
 
Ivo Lemes em 16/11/2012 09:19:58
Pedro...
Com todo respeito mas o que esse rapaz sofre é de DEPENDÊNCIA da droga mais devastadora que já existiu. Concordo que com Deus ele irá achar o caminho para se livrar desse vício maldito que acaba com tantas famílias, mas acima de tudo ele precisa de ajuda psicológica e ELE é que mais vai conseguir se ajudar querendo se curar. Respeito sua religião, mas nunca existiu essa de demonio no corpo das pessoas, isso é coisa de filme de terror. Se existisse mesmo porque só se manifestam nas igrejas? Muito conveniente não é??
 
Gabriel Telles em 16/11/2012 08:37:23
Mãe, tome cuidado com estas igrejas citadas acima os pastores vão te tomar seu dinheiro, e o restinho de sua paz, já estive la a palavra certa que estão dizendo é dinheiro e dinheiro, Procure ir la na Perpetuo Socorro as quartas feiras faça um proposto, la não vão te pedir dinheiro. Voce vera o quanto esta Santa tem o poder de intercesão junto a DEUS.
 
Lenine Ferreira em 16/11/2012 00:25:50
QUE COMENTARIO MAIS TOSCO SR LEITOR PEDRO BRAGA, SE IGREJA RESOLVESSE EU NÃO CONHECERIA PASTORES QUE GASTAM PARTE DO DIZIMO COM FESTAS, ORGIAS E DROGAS.... HOJE EM DIA SER PASTOR É PROFISSAO...
OQUE EU ACONSELHO É ESTA MÃE PROCURAR AUXILIO NA ASSISTENCIA SOCIAL DE CAMPO GRANDE, UM PSICOLOGO, E UM ACOMPANHAMENTO CONTRA DEPENDENCIA QUIMICA QUE EXISTE SIM, BASTA PROCURAR A ASSISTENCIA SOCIAL QUE LHE ACOMPANHARAM. BASTA SEU FILHO TAMBEM QUERER SER LIBERTO DO VICIO, FAZENDO A DESINTOXICAÇÃO..
 
Diego Silva em 15/11/2012 22:14:12
Só lembrando, deus provavelmente não existe. Esse rapaz precisa é de tratamento. Tem sorte de ser militar, pq se fosse de rua, ia pra cadeia como bandido.
 
Gabriel Silva em 15/11/2012 20:13:31
oque adiante levar para a cadeia? se lá é que a droga rola solto? tem jeito nao
 
julia souza em 15/11/2012 19:09:27
MÃE, PROCURE UMA IGREJA QUE PREGUE A PALAVRA DE DEUS CORRETAMENTE, TEM A UNIVERSAL, MUNDIAL E A INTERNACIONAL, LEVE UMA FOTO, DOCUMENTOS DO RAPAZ ATÉ O PASTOU OU BISPO DA IGREJA, VÁ PESSOALMENTE FALE COM ELES, FAÇA A CORRENTE QUE ELES MANDAREM, QUE VERÁ O RESULTADO, ISSO É PURO DEMÔNIO NO SEU FILHO, UMA MALDIÇÃO QUE PEGOU NELE, POR ERROS DOS PAIS OU DELE MESMO, QUANDO ELE SAIR DA CADEIA, O LEVE AO PASTOR OU BISPO, QUE ELES EXPULSARÃO OS DEMÔNIOS DELES, E DEIXARÁ DE OLHAR PARA TRÁS E USAR DROGAS, SOMENTE ESTE RESULTADO, FARÁ A SENHORA DORMIR SOSSEGADA, CASO CONTRÁRIO, NÃO TERÁ REMÉDIO PARA O SEU FILHO, ISSO É UM VÍCIO DO DEMÔNIO, SÓ EXPULSA COM DEUS, FAÇA A CORRENTE DE LIBERTAÇÃO NAS TERÇAS FEIRAS, SEXTAS E DOMINGOS, NA UNIVERSAL, E COM FÉ EM DEUS SEU FILHO ESTARÁ LIBERTO, PRECISA DEUS.
 
PEDRO BRAGA em 15/11/2012 11:42:44
Filho de pobre deveria trabalhar à partir dos 14 anos, o trabalho tras dignidade para qualquer pessoa, ocorre que a escola não é interessante, o Estado não obriga o jovem a estudar, tira a autoridade do pai, que é punido por dar uma palmada no filho, tira a autoridade do professor, do policial...e quando uma inocente criança se transforma nesses monstrinhos que a gente vê por ai barbarizando, o Estado não os puni, puni o cidadão de bem que sofre o castigo e fica por isso mesmo. Limpar um quintal, lavar o veículo do vizinho, limpar uma residencia, isso para o governo é exploração do trabalho infantil. Agora vender droga, matar, roubar, se prostituir...para essas atividades o governo fecha os olhos, por isso deveria ser regulamentada, imagina a arrecadação com as multas trabalistas.
 
maria vieira em 15/11/2012 10:44:16
DEUS TENHA MISIERICÓRDIA DESSA FAMILIA DONA ISADETE E SEU IRMÃO JOSÉ LOURENÇO pessoas humildes e trabalhadores, eu os conheço e tenho orado por eles... A DROGA TEM DESTRUÍDO MUITAS FAMÍLIAS,,,porisso defendo que os jovens deveriam ter atividades em TEMPO INTEGRAL NAS ESCOLAS e praticar muito esporte, atividades circenses ou lúdicas que prendessem a atenção deles e afastasse do mal.
 
MATEUS COSTA em 15/11/2012 09:48:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions