A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/06/2015 19:13

A portas fechadas, Santa Casa, governo e prefeitura decidem impasse na saúde

Alan Diógenes e Antonio Marques
Reunião para resolver impasse não tem horário para acabar. (Foto: Antonio Marques)Reunião para resolver impasse não tem horário para acabar. (Foto: Antonio Marques)

Começou por volta das 18h30 desta terça-feira (23), a reunião para resolver o impasse sobre o contrato entre a Santa Casa e a Prefeitura Municipal de Campo Grande. O encontro a portas fechadas na Secretaria Estadual de Saúde, no Parque dos Poderes, reúne os secretários de Saúde do Estado, Nelson Tavares e do município, Jamal Salém, além do Conselho Municipal de Saúde.

O diretor-presidente da Santa Casa, Wilson Teslenco, compareceu acompanhado de demais representantes do hospital. A promotora de Justiça da Saúde de Campo Grande, Filomena Fluminhan, deputados e vereadores também fazem parte da reunião.

Desde a primeira semana de junho o contrato entre o hospital e a prefeitura foi encerrado, o que pode prejudicar o ressarcimento da Santa Casa pelos serviços prestados durante o mês. “Confio na responsabilidade dos gestores de que vamos receber esses valores no próximo mês”, afirmou o diretor Teslenco em entrevista anterior ao Campo Grande News.

Teslenco lembrou também que o secretário de Saúde do município, Jamal Salém, reiterou, semana passada, o repasse de R$ 3 milhões para os serviços de média complexidade e R$ 1 milhão para os de alta complexidade. “Só queremos saber de que forma isso será feito”, apontou.

Conforme assessoria da prefeitura, caso o acordo seja firmado hoje, a proposta será detalhada pelo prefeito Gilmar Olarte (PP) e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) nesta quarta-feira (24).

Todos os participantes da reunião chegaram na secretaria, nesta noite, sem falar com a imprensa.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions