A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

20/06/2015 12:22

Estado libera verba extra à Santa Casa e anuncia acordo com prefeitura na 4ª

Lidiane Kober
Governador disse que pactuou com o prefeito a divisão de responsabilidades na saúde (Foto: Fernando Antunes)Governador disse que pactuou com o prefeito a divisão de responsabilidades na saúde (Foto: Fernando Antunes)

O Governo do Estado liberou verba extra para ajudar a manter à Santa Casa e deve anunciar acordo com a Prefeitura de Campo Grande, na próxima quarta-feira (24).

Segundo o secretário estadual de Saúde, Nelson Tavares, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e o prefeito Gilmar Olarte (PP) fecharam os detalhes do pacto, que inclui investimentos em outros hospitais da Capital, ontem (19).

Ele confirmou o repasse de verba extra para ajudar a manter a Santa Casa. A princípio, o governo mantinha posicionamento de só liderar recursos a mais para abrir novos serviços. “Var ter repasse extra, mas o governador vai dar os detalhes na quarta”, disse Tavares.

Ele destacou ainda que o acordo vai além da Santa Casa. “É um pacto para melhorar todo o atendimento em saúde na Capital”, afirmou, sem dar detalhes.

O secretário disse ainda que o anúncio ficou para quarta, porque o prefeito estaria viajando. “Vamos reunir prefeitura, Estado, comissão de saúde da Assembleia Legislativa, da Câmara Municipal e o Ministério Público para anunciar o acordo”, detalhou.

O governador confirmou o fim do impasse. “Pactuamos a divisão das responsabilidades para fortalecer o atendimento na saúde”, disse, durante convenção estadual do PSDB, na manhã deste sábado.

A Santa Casa recebe cerca de R$ 19,5 milhões por mês e afirma precisar de mais R4 4 milhões para equilibrar as contas. O hospital está sem contrato e ameaçou por diversas vezes suspender serviços caso o contrato não seja reajustado.

Hospital do Trauma - O secretário destacou ainda que, na quinta-feira (18), esteve com o ministro da Saúde para destravar impasse burocrático e retomar as obras de construção do Hospital do Trauma. "Agora vai ou racha", comentou. 

Com as obras paradas desde dezembro de 2012, o Hospital recisa de mais R$ 22,6 milhões para ficar pronto. A construção começou em 2010 e já recebeu investimento de R$ 9,5 milhões.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions