ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 25º

Capital

A procura de morador, trio invade casa, atira e agride mulheres

O caso aconteceu na noite de ontem (16), no Conjunto Habitacional Mata do Jacinto, bairro localizado na saída para Cuiabá

Por Viviane Oliveira e Liniker Ribeiro | 17/10/2020 07:42
Nesta manhã, a equipe de reportagem esteve no local e encontrou o vidro da porta quebrado (Foto: Kisie Aionã)
Nesta manhã, a equipe de reportagem esteve no local e encontrou o vidro da porta quebrado (Foto: Kisie Aionã)

A procura de um dos moradores da residência, três bandidos armados invadiram uma casa, atiraram três vezes e agrediram duas mulheres. O caso aconteceu na madrugada deste sábado (17), no Conjunto Habitacional Mata do Jacinto, bairro localizado na saída para Cuiabá, em Campo Grande.

Conforme boletim de ocorrência, uma das vítimas de 27 anos contou que por volta da meia-noite e meia estava na residência de um casal de amigos, quando um carro se aproximou do corredor externo da casa, quase em frente ao portão e os ocupantes entraram.

Na sequência, a mulher ouviu três disparos de arma de fogo, um deles acertou a porta de entrada do imóvel. Assustada, ela se escondeu debaixo da cama de um dos quartos com o seu filho. Mas, em seguida, foi encontrada pelos suspeitos dizendo que iriam "meter bala na cabeça dela se caso não saísse dali". A vítima, então, foi puxada, quando ouviu um dos homens gritar: “achamos o Baixinho”.

Quando perceberam que não se tratava de quem estavam procurando, os criminosos arrastaram a vítima para a cozinha, passaram a agredi-la e a ameaçar de morte. Eles, segundo registro policial, perguntavam o tempo todo pelo "Baixinho". A dona da residência também foi agredida pelos homens.

Durante todo o tempo, "Baixinho" ficou escondido no banheiro e não foi localizado. Depois de aterrorizar as mulheres, os bandidos foram embora. Dois deles, segundo a testemunha, estavam armados.

Até o momento, os suspeitos não foram encontrados. A reportagem esteve na casa da família nesta manhã de sábado, mas ninguém foi encontrado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário