A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

20/05/2015 12:40

Ação alerta sobre riscos do tabagismo e troca cigarros por dez mil balas

Flávia Lima
Jovens abordam motoristas e oferecem balas em troca de cigarros. (Foto:Divulgação)Jovens abordam motoristas e oferecem balas em troca de cigarros. (Foto:Divulgação)

Dentro das comemorações alusivas aos 100 anos da Igreja Adventista do Sétimo Dia em Mato Grosso do Sul, voluntários foram na manhã desta quarta-feira (20) nos cruzamentos de quatro pontos da Capital e ofereceram balas aos motoristas, em troca de cigarros.

A ação, batizada de “Troque seu cigarro por uma bala”, reuniu pelo menos 1,5 mil jovens, que também entregaram panfletos alertando sobre os riscos que o tabagismo traz à saúde. No total, dez mil balas foram entregues. De acordo com dados do IBGE, o número de fumantes no Brasil caiu para 14,7%. Esse índice era de 18,5% em 2008, ou seja, a queda foi de 20,5%. Os homens são os que mais usam produtos relacionados ao tabaco (19,2%) contra 11,2% das mulheres.

Apesar da queda no número de fumantes no país, em Mato Grosso do Sul, de acordo com a mesma pesquisa, o número de pessoas que ainda não conseguiram deixar o vício é superior a média nacional do país, sendo também o maior índice do Centro-Oeste.

Segundo os dados, a proporção de pessoas acima de 18 anos que fumam cigarros no Estado é de 17,3%, e de toda a região Centro-Oeste,13,2%. O cigarro mata 200 mil pessoas por ano no Brasil e a Organização Mundial de Saúde reconhece o tabagismo como uma doença epidêmica. A dependência da nicotina expõe os fumantes continuamente a mais de quatro mil substâncias tóxicas, que são fatores de risco para aproximadamente 50 doenças. O fumo é responsável por 90% dos casos de câncer de pulmão e 25% das doenças vasculares, como o infarto.

Por isso a campanha da igreja foi pensada para também antecipar as atividades do Dia Mundial do Combate ao Tabagismo, que acontece no próximo dia 31 de maio. Conforme os membros organizadores da ação, a maioria dos motoristas colaborou com a atividade, aceitando as balas.

Em um dos casos, um motorista chegou a entregar o último cigarro que dispunha na carteira e ainda ressaltou que já pensava em abandonar o vício e viu na ação um incentivo. Munidos de cartazes com frases como “Apague seu cigarro antes que ele apague você”, os jovens, alguns fantasiados de “Morte”, brincavam com os motoristas, pedindo carona.

As ações voltadas ao bem estar e adoção de vida saudável continuam até sexta-feira (22). Nesta quinta (21), os voluntários voltam aos cruzamentos da Avenida Afonso Pena com a rua 13 de Maio, Trevo Imbirussú, Avenida Mato Grosso com a rua Ceará e Avenida Fernando Correa da Costa com a Avenida Calógeras para falar sobre os riscos e benefícios da luz solar.

Os jovens convidaram uma dermatologista que vai tirar dúvidas da população e viseiras serão entregues durante a ação. Já na sexta-feira, tendas serão montadas na praça Ari Coelho, onde os jovens irão oferecer orações à população.

Dentro das atividades comemorativas aos 100 anos da igreja, eles já distribuíram frutas, incentivando a alimentação saudável e copos d’água, alertando sobre a necessidade de ingerir líquidos para o bom funcionamento do organismo.

Voluntários chamaram atenção nos principais cruzamentos da Capital, com faixas e cartazes contra o tabagismo. (Foto:Divulgação)Voluntários chamaram atenção nos principais cruzamentos da Capital, com faixas e cartazes contra o tabagismo. (Foto:Divulgação)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions