ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  21    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Moradora que teve muro destruído por carro roubado diz estar "assustada"

Bandidos perderam controle durante perseguição e bateram em muro no Aero Rancho; um deles ficou ferido

Dayene Paz e Mariely Barros | 29/09/2022 08:35
Muro destruído após colisão no Aero Rancho. (Foto: Henrique Kawaminami)
Muro destruído após colisão no Aero Rancho. (Foto: Henrique Kawaminami)

Ainda assustada, moradora da Rua Santa Quitéria, no Bairro Aero Rancho, em Campo Grande, a merendeira Marizete Rocha da Costa, de 56 anos, nem conseguiu dormir após ter o muro destruído por um carro na madrugada desta quinta-feira (29). O veículo foi roubado de uma enfermeira momentos antes e os bandidos perderam o controle durante fuga da Polícia Militar. "Acordei com o estrondo", contou à reportagem ao olhar o cenário.

A merendeira conta que ao ouvir o barulho ainda suspeitou que fosse um acidente na rua. "Mas quando abri a janela, estava cheio de curiosos, polícia. Um dos bandidos saiu do carro e já deitou no chão, ele estava bem ruim. O outro estava bem", conta. O muro foi totalmente destruído, assim como o carro. "A parte que não caiu ficou comprometida, porque rachou tudo. Até o portão amassou", lamentou Marizete.

Muro destruído e moradora no local nesta manhã. (Foto: Henrique Kawaminami)
Muro destruído e moradora no local nesta manhã. (Foto: Henrique Kawaminami)

Para se ter uma ideia da força da batida, o celular da enfermeira que ficou no carro após o roubo, chegou a ficar enganchado no portão da moradora. "Não conseguir dormir depois e nem fui trabalhar pois minha casa está toda aberta. Estou assustada até agora", conta a mulher. A enfermeira afirmou que o seguro do veículo cobre terceiros.

Entenda - A enfermeira, de 46 anos, contou que saía do plantão na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Universitário, por volta das 23h30. Ao chegar perto do veículo, teve uma arma - posteriormente identificada como sendo de brinquedo - apontada para a cabeça. Ela afirmou que o menor de idade já estava preparado próximo a porta do passageiro e então entregou o Honda City.

A Polícia Militar foi acionada e quando se deslocava para o Jardim Canguru avistou o carro roubado trafegando no sentido contrário. Ao perceber a viatura, os bandidos passaram a fugir em alta velocidade, sendo outras equipes da PM acionadas para dar apoio. Durante a perseguição, o condutor do City jogou o veículo em cima de pedestres, momento em que os policiais realizaram disparos. Contudo, o bandido continuou a fuga.

Muro na Rua Santa Quitéria totalmente destruído. (Foto: Henrique Kawaminami)
Muro na Rua Santa Quitéria totalmente destruído. (Foto: Henrique Kawaminami)

Quando chegou na Rua Santa Quitéria, no Aero Rancho, ele colidiu fortemente no muro e ainda sem controle, bateu em um poste. Dois homens saíram do carro e um deles, o adolescente, estava com a cabeça sangrando. Os bombeiros foram acionados, prestaram os primeiros atendimentos e o levaram para a Santa Casa.

O outro bandido, Pablo Eduardo Calero foi preso em flagrante e levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol (Centro Integrado de Polícia Especializada). No carro, foram localizados duas armas de brinquedo. Ainda, conforme a PM, câmeras de segurança na região do Universitário foram analisadas e foi possível notar vários roubos semanas atrás que podem ter sido cometidos pela dupla.

Nos siga no Google Notícias