A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

23/11/2015 12:29

Acusada de atropelar vigia famoso achou que bateu retrovisor em carro

Ricardo Campos Jr. e Viviane Oliveira
Vigia foi socorrida pelo Samu com ferimentos no tórax, internado na Santa Casa e já teve alta (Foto: reprodução/Facebook)Vigia foi socorrida pelo Samu com ferimentos no tórax, internado na Santa Casa e já teve alta (Foto: reprodução/Facebook)

A condutora do Land Rover que atropelou o vigia Hélio Pereira da Silva, o Bigode, 64 anos, apresentou-se à polícia e prestou depoimento nesta segunda-feira (23). O delegado que investiga o caso, Miguel Said, manteve a identidade dela sob sigilo. A mulher nega ter fugido do local do acidente, uma vez que achou ter apenas encostado o retrovisor em outro carro e não percebeu que havia atingido o pedestre.

Funcionários da Cantina Romana, onde a vítima trabalhava, contaram uma versão diferente. Eles afirmam que além de atingir o idoso e fugir, a motorista retornou ao local para buscar a peça que havia sido arrancada com o impacto. Ela foi liberada depois de ouvida.

Silva teve alta da Santa Casa de Campo Grande no último dia 18. Ele havia sido socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e internado com ferimento no tórax em razão do atropelamento.

Uma vez liberado do hospital, ele deverá ser convocado para depor, segundo Said. Ele afirma que está ouvindo testemunhas.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...


Impossível que a polícia não vai pensar na hipótese de o atropelamento ter sido feito por uma terceira pessoa que não estava em condições de se apresentar no momento e por isto foi embora, voltando outra com a desculpa do retrovisor. É só uma hipótese, mas de fácil constatação.
 
jmarch em 24/11/2015 09:27:46
Se fosse um popular que tivesse atropelado a pessoa, tinha foto, nome, cpf, rg, titulo de eleitor, endereço, massssss como é uma classe diferenciada, então pode ficar no anonimato!
 
pedro medeiros em 24/11/2015 08:04:05
Olha a dona aee Max, cheia de argumentos, lógico...totalmente orientada pelo seu advogado.

Dona cria vergonha nessa cara deslavada e ajuda esse trabalhador, pelo menos para não depender desse SUS, ajude ele no mínimo com uma assistência médica particular.
 
Lucatop em 23/11/2015 22:04:02
Vixi, Land Rover? Esquece, não vai acontecer absolutamente nada com esta senhora, quanto a ter visto ou não, claro que viu né?
 
Max em 23/11/2015 17:25:44
Ah tá, ela achou que bateu o retrovisor em outro carro, mais voltou para pegar o retrovisor somente depois que o vigia já tinha sido atendido e não tinha mais ninguém no local.
 
Joao em 23/11/2015 15:25:32
Lamentável uma pessoa que não percebe que atropelou alguém e ainda diz que "acha" que encostou o retrovisor em outro carro e mesmo assim não teria parado para ver o dano que causou à outra pessoa. CG está cheia de gente assim, não merecem tirar o carro da garagem. Não têm responsabilidade nenhuma, atenção nem se fala. São preguiçosos: não dão seta, andam devagar na esquerda, não dão passagem quando pedem, não arrancam no sinal quando abre, passam no vermelho em qualquer situação... Esse caos em parte é culpa dos buracos, semáforos estragados ou sem visibilidade, e outros fatores mas os péssimos motoristas são os grandes causadores da maioria esmagadora de problemas que enfrentamos no trânsito. Vai reclamar de uma seta não dada para mudar de pista por exemplo, ainda ficam bravos.!!!
 
Hannibal em 23/11/2015 14:48:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions