A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

06/04/2011 14:18

Acusada de matar menina de 15 anos recorre ao TJ para sair da prisão

Nadyenka Castro

Ela teve liberdade negada em 1º grau

Daniela confessa o crime e diz que agiu por legítima defesa. (Foto: João Garrigó)Daniela confessa o crime e diz que agiu por legítima defesa. (Foto: João Garrigó)

Após ter a liberdade negada em primeira instância, Daniela Araújo Nery, 18 anos, assassina confessa de Bruna Caroline Pereira da Silva, 15 anos, agora recorre ao TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) para sair da prisão.

A defesa dela ingressou com pedido de habeas corpus no último dia 1º. A solicitação está sob análise do desembargador Manoel Mendes Carli , relator do pedido.

Daniela matou Bruna a tiros no dia 27 de janeiro deste ano, em Campo Grande. Ela alegou que era ameaçada pela adolescente.

A vítima tomava tereré no cruzamento das ruas Iriá e Bartira, perto da comunidade São Benedito, quando foi assassinada.

Segundo a versão de Daniela à Polícia Civil, Bruna era conhecida no bairro por comandar uma gangue e por fazer pichação de muros e causar constantes brigas.



Que a justiça deja feita, um crime bábaro matou a garoto praticamente dentro de sua casa, esse crime foi de grande comoção social e a justiça deve julgar de verdade o caso mantendo a criminosa na cadeia.
 
marcos silas em 06/04/2011 11:49:07
TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) há de manter essa assassina na cadeia, matou a sangue frio, sem chance de defesa, por motivo banal. Alem do homicídio deverá responder pelo porte de arma, por disparo em via pública. Bruna quando foi assassinada se encontrava de frente a sua casa.
Acredito na justiça, a retirada de uma vida tão jovem não há de ficar impune.
 
EDILSON SILVA em 06/04/2011 11:43:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions