A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

10/02/2011 11:39

Acusado de matar por racismo vai a júri dia 25

Nadyenka Castro

Julgamento será realizado quatro anos após o crime

Acusado de matar o estudante Anderson da Silva Faria, que tinha apenas 20 anos, o comerciante Geraldo Francisco Lessa, 49 anos, irá a júri popular no próximo dia 25.

O julgamento será presidido pelo juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, e está marcado para começar às 8 horas.

De acordo com a acusação, Geraldo Lessa baleou Anderson em 29 de dezembro de 2007. O estudante foi levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu em fevereiro de 2008.

Conforme o MPE (Ministério Público Estadual), o comerciante não aceitava o namoro de Anderson com sua sobrinha porque ele era "negro e pobre". Geraldo Lessa foi preso em Goiás, mas já está solto.

Juiz ouve última testemunha de homicídio por racismo
O juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Aluízio Pereira dos Santos, conclui na segunda-feira, às 15h, o depoimento da última testemunha no caso do hom...
Acusado de matar jovem por racismo ainda está em Goiás
Geraldo Francisco Lessa, de 47 anos, acusado de matar o estudante Anderson da Silva Faria, de 20 anos, continua preso em São Simão, em Goiás, e não h...
Acusado de matar jovem por racismo é preso em Goiás
Geraldo Francisco Lessa, de 47 anos, acusado de matar o estudante Anderson da Silva Faria, de 20 anos, foi preso em Goiás. O crime aconteceu em dezem...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions