A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/08/2012 15:30

Acusados de degolar mulheres no Tijuca vão a júri dia 21 de setembro

Nadyenka Castro

Crime aconteceu em 30 de novembro de 2010.

Mulheres foram mortas no Jardim Tijuca. Corpos foram encontrados na tarde do dia seguinte. (Foto: João Garrigó)Mulheres foram mortas no Jardim Tijuca. Corpos foram encontrados na tarde do dia seguinte. (Foto: João Garrigó)

Acusados de matar Cláudia de Araújo Mugnaini e Regina Bueno França Ramos em 30 de novembro, Cristhian Rampagne Castedo, Eder Rampagni Castedo e Weber de Sousa Barreto vão a júri popular no próximo dia 21 de setembro.

O julgamento está marcado para começar as 8 horas e será presidido pelo juiz Aluizio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri.

Regina e Cláudia foram degoladas na casa desta última, no Jardim Tijuca. Eder, Cristhian e Weber foram presos pelo duplo homicídio.

Segundo as investigações, Regina delatou Eder, o qual estava foragido do regime semiaberto. Para se vingar, ele mandou o irmão, Cristhian matar as duas amigas. Conforme a acusação, Cristhian contou com a ajuda de Weber na execução.

A esteticista Lorraine Roryz Silva ficou presa pelo crime, mas, foi impronunciada está em liberdade. O MPE (Ministério Público Estadual) contestou a impronuncia, mas o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul manteve a decisão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions