A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

09/07/2011 09:20

Adolescente diz que apenas uma arma foi usada em roubo a supermercado

Aline dos Santos

Duplo homícidio ganha mais uma versão conflitante

Após crime, local não foi preservado e várias pesoas entraram em supermercado. (Foto: Reprodução)Após crime, local não foi preservado e várias pesoas entraram em supermercado. (Foto: Reprodução)

O assalto que terminou em duplo homícidio em um supermercado no bairro Taveirópolis, em Campo Grande, ganhou mais uma versão conflitante.

Em depoimento ao MPE (Ministério Público Estadual), o adolescente que participou do roubo afirma que ele e Maycon Higor Aquino Paes, o segundo assaltante, entraram no mercado somente com uma pistola calibre 22.

Segundo o ladrão, a arma estava sem munição e permaneceu o tempo todo em seu poder. O depoimento foi dado à promotora Vera Aparecida Bogalho.

O adolescente relata que quando deixavam o local do assalto, apareceu uma pessoa de fora que começou a atirar. A pessoa citada é um policial militar.

Na ação, foram mortos o assaltante Maycon, de 18 anos, e o gerente do supermercado, Carlos Expedito Ferreira Boccia, de 41 anos.

Contudo, diferente da versão do adolescente, três armas foram apreendidas no local do crime: a arma calibre 22, um revólver calibre 38 (encontrado com Maycon) e a pistola utilizada pelo policial.

Somente exame de balística vai comprovar de que arma partiu os disparos. Mas o vídeo de circuito interno do supermercado mostra que somente o policial atirou. Nas imagens, também fica visível que o local do crime não foi preservado e o corpo do bandido estendido no chão chegou a ser tocado.

O crime é marcado por versões conflitantes. Inicialmente, a informação é de que os ladrões reagiram e houve troca de tiros. Em seguida, foi divulgado que o policial militar estava em uma loja em frente ao mercado, quando foi avisado do assalto ao supermercado. O policial estava de folga e à paisana.

Já moradores afirmam que o policial era segurança do local, o que é proibido. Conforme o comando da PM, não há comprovação de que o policial fazia bico como vigia.

Segundo o coronel Carlos Alberto David dos Santos, o PM agiu corretamente. Pela análise das imagens, o comandante avalia que Maycon ameaçou sacar a arma de fogo ao colocar a mão no bolso no momento que saía do mercado, quando encontrou com o militar.

Maycon tinha uma passagem criminal por assalto a uma pizzaria. O gerente Carlos trabalhou toda a vida no supermercado, onde entrou como faxineiro.

O caso está na 6ª Delegacia de Polícia Civil, que investiga se o policial agiu em legítima defesa no duplo homicídio bem como se cometeu excessos. A Corregedoria da PM apura possíveis crimes militares.

Já o MPE vai responsabilizar o adolescente somente por roubo, descartando crime de latrocínio (roubo seguido de morte). Para o Ministério Público, o vídeo gravado pelas câmeras do supermercado mostra que o adolescente não efetuou disparos.



Quando um bandido esta na presença de um delegado,''tem direito a advogado , e (fica igual papagaio) só repete o que lhe foi ensinado, para se safar, e muitas veses dá certo e o cara sai livre voando .
 
Luis Carlos em 11/07/2011 11:23:34
Neste mundo em que vivemos não precisamos de heróis mas sim de pessoas dignas, e agora é muito tarde para julgar o que realmente é hipocrisia, A questão não se centra em dar atenção ao criminoso, mas sim de analizar os fatos e refletir sobre a morte trágica de mais um trabalhador, a tragédia poderia ser pior se realmente houvesse uma troca de tiros entre o policial e o bandido, poderia ser qualquer um de nós,em qualquer mercado qualquer lugar, varias pessoas possivelmente iriam ser alvejadas, por isso não concordo com a ação do policial, muito menos creditar dois vagabundos bandidos que ocasionaram essa tragedia. desejo força e pêsames para a familia e amigos do Carlos.
 
Vinicius Teles em 10/07/2011 09:11:37
ja fui assaltado diversas vezes e nunca solucionado, creio que tao dando muita moral para bandidos, temagir com rigor mesmo. Ja o que aconteceu como gerente foi uma fatalidade, chega de hipocrisia, TOLERANCIA ZERO PARA BANDIDOS.Quando acontecer alguma desgraça comum familiar de um politico, ou de alguemdo ministerio publico eles vao tomaralguma providencia. Na periferia os pequenos comercios nao tem nenhuma segurança.
 
josecarlosbarceloszanela em 10/07/2011 06:00:58
Bandido bom é bandido morto.
Antes a mãe dele chorando que a mãe do policial.
 
Sérgio Marques em 10/07/2011 03:59:27
Incrivel, o bandido preso disse que só tinha uma arma com eles, a televisão mostrou claramente que a policia civil (gravado por eles mesmos) levantou a camisa do bandido morto( o tal de Maicon Pisca) e tirou um revólver preto, com numeração raspada, da cintura do marginal, bem guardado, embaixo da camisa. Querem prova maior do que isso, perguntem a policia civil e eles confirmarão o fato. E querem acreditar no que um assaltante mentiroso e desalmado diz. E porque ele não disse que já haviam praticado outro assalto momentos antes daquele do mercado, que o amigo dele, o Maicon estava com 02 celulares no bolso, roubado naquele mesmo dia. Será que a Policia civil não fala nada disso à Imprensa. Vão querer acreditar no bandido. É o fim da picada.
 
JoséA.Soluza em 10/07/2011 03:25:34
Vovó dizia: "a corda sempre arrebenta na parte mais fraca"... É sempre assim. Vejamos: - Se um professor erra, o efeito (aparentemente) não aparece. - Se um pedreiro erra o prumo da parede, conserta na massa. - Um padeiro, se queimar o pão, faz outra fornada, e assim por diante. Alguém já viu reclamarem dos erros de um advogado, promotor, juiz ou jornalista na imprensa? Não, né?! Será que eles não erram também? Infelizmente, se um policial errar, vira alvo dos direitos humanos, da imprensa, do MPE e tantos outros órgãos. Todos esquecem que cerca de 70% da massa carcerária do Brasil foi presa pela PM (isso porque não fazem nada, imagina se fizessem). A PM exclui de seus quadros policiais envolvidos em ilícitos, é só olhar os Diários Oficiais. Outras entidades aposentam com salário integral (isso mesmo) integrantes que tenham se envolvido em crimes. O que quero dizer é que a sociedade como um todo não perdoa se algum policial falhar/errar, ou seja, ele deve ser inerrante. Todos são sabedores que os governantes não fornecem treinamentos, capacitação e cursos frequentemente aos servidores, principalmente na área da Segurança Pública. Quem paga por isso? Claro, os servidores. Se um policial responder um processo, mesmo estando de serviço, em legítima defesa, estrito cumprimento do dever legal, deverá arcar com as despesas de um advogado. Ou seja, o Estado manda ele agir, mas não paga as custas processuais, mesmo o policial agindo legalmente, em defesa da sociedade. Com estas palavras, não estou dizendo que o policial envolvido na ocorrência citada está certo ou não, mas fico indignado com as cobranças descabidas de leitores, os mesmos que, se forem assaltados ou estuprados, ficarão bravos se os policias não "apagarem ou surrarem" o bandido. Vou ser o mais respeitoso possível com estas pessoas: "HIPÓCRITAS".
 
Sérgio Rodrigues Maciel em 10/07/2011 01:12:10
Isso é uma inversão de valores.
O certo é o ladrão, esse sim tem de roubar, e as pessoas tem de aceitarem isso.
Esse pais é uma vergonha.
Parabens PM,
GOVERNANTES APROVEM A PEC 300
 
Wanderlei Junior em 09/07/2011 12:44:29
ola sabemos que realmente esta cidade precisa de segurança pois os bandidos tem tomado conta,precisa de mas policiais em bairros rotas mais avançadas,ao inves de policiais fazerem bicos porque a ação dele foi certa mas a fatalidade ocorreu e agora ele tem que assumir pois ele faz vigia numa lanchonete no trevo imbirussu sempre o vejo ali e sei que é segurança de la e chegada a hora de se assumir erros e tambem do governo,prefeito investir em segurança principalmente proximo de comercio pois ha um açougue que sempre é assaltado ate o mercado grande na av ja foi tbm é chegada a hora de se pensar e tbm qdo ele agiu deveria pensar nas vidas que tbm estavam ali no supermercado naum querendo ficar do lado dos bandidos mas é obvio que neste assalto uma preciosa vida se foi por causa de uma violencia!!
 
priscilla souza em 09/07/2011 12:29:46
Após a 'ação' desastrada do PM, o incrível também é que - enquanto o gerente agoniza baleado - todos ficam longo tempo passeando dentro do supermercado... após a tragédia, um vai pra lá, outro pra cá, outro admira o corpo estendido no chão, outro conversa, etc, e o pm que efetuou disparos entra e sai várias vezes no local (a imagem mostra), mas atender o ferido - nada!
Incrível.
 
Claudia Soares em 09/07/2011 12:12:27
Já tem começo meio e fim o assalto que vitimou um trabalhador.O PM q fazia segurança no mercado reagiu como um policial, porque se fosse apenas um segurança não teria reagido.E o medo? Estão querendo massacrar o heroi q atirou e matou um ladrão.Por uma uma fatalidade a bala transfixou o ladrão, o balcão e atingiu mortalmente o trabalhador que havia se abaixado, qdo percebeu a reação do PM-Segurança.Agora vem o outro comparsa a dizer que estava sem bala, q o outro não sei o que... Infelismente não foi morto também.Esses facinoras não tem sentimento nenhum, apenas se defende e chora! É iniputavel e suas palavras de menor e de ladrão não deve ser considerada.No caso da morte do gerente o PM de forma alguma, teve a intenção de matar seu patrão, crime culposo.Enfim,resta apenas responder administrativamente a inquerito na Corregedoria por desvio de função.Agora é a hora do chamado corporativismo!! Parabens, e cara levantada, PM-Heroi!!
 
samuel gomes-campo grande-ms em 09/07/2011 12:07:29
Lamentável, estão dando corda pra esse marginal, se tivesse acertado os dois vagabundos seria até melhor, esse guri vai acabar se tornando heroi do jeito que está se conduzindo o assunto.
 
joao guilherme em 09/07/2011 11:46:22
a policia e formada para cumprir a lei prendendo investigando e dado segurança para a populaçao, e nao para matar, se matasses os menores tariam todos aplaudindo ne... mas deus e justiça nao a nada oculto q nao venha ser revelado, no brasil nao entre aspa existe pena de morte ate que seu andre deu orden para os policias matar bandidos e nao cumpir a lei q e prender,... e esses policiais que mata e pior q ue os bandidos , sao bandidos desfarçados q pena q a populaçao e sega...so q as provas estao as claras para todos ver q os bandidos nao reagiu ... sera q a arma tambem nao foi colocada no menino.. e quantos esse policia ja nao matou sem as cameras ver será. q doa a quem doer, deus nao e cego o homem fecha os olhos as avezes os inocentes pagam para as coisas ser vistas.
 
maria arruda em 09/07/2011 11:18:38
Era só o que faltava mesmo, agora querem dar credibilidade para o que os criminosos dizem, o policial fez a coisa certa, a morte do gerente foi uma fatalidade, vamos para de hipocrisia, tinha mais que matar os dois bandidos e mandar os pais deles irem la retirar os corpos. A imprensa fica pressionando a policia e as formas de trabalho, independentemente se esse policial estava trabalhando ou não, ele fez o que tinha que fazer, acabar com a bandidagem que não deixa ninguem mais trabalhar em paz.
 
waldirney rocha em 09/07/2011 10:48:55
"o adolescente que participou do roubo afirma que ele e Maycon Higor Aquino Paes, o segundo assaltante, entraram no mercado somente com uma pistola calibre 22."
.
Claro que esse rapaz merece crédito. Afunal, é um exemplo de boa índole, de probidade; do tipo de pessoa que só fala a verdade;inmcapaz de fazer até a uma formiga. Massacremos o bandido, irresponsável e metiroso, o policial.
 
André Silva em 09/07/2011 10:47:53
Ah! Agora o bandido vira santo, e o policial vira bandido!!!
O que nós queremos???? continuarmos sendo hiprócritas?
Nyleni
 
Nyleni T. Silva em 09/07/2011 10:27:24
corretissima a açao do policial,antes o ladrao do que um defensor da populaçao,lamento pelo gerente,isso foi uma fatalidade.
 
DANIEL SOARES em 09/07/2011 10:25:30
As câmeras instaladas, graças a Deus, tem evitado "armações" que a polícia é contumaz em fazer bem como ajuda a desvendar muitos crimes. Vamos instalá-las, cada vez mais!
 
Adriana Moraes em 09/07/2011 10:24:04
PRIMEIRO: Se o policial tivesse matado os dois bandidos, hoje ele seria um herói;
SEGUNDO: Foi uma fatalidade realmente. Houve uma infelicidade do policial e também
do gerente, que estava na linha de fogo;
TERCEIRO: É uma aberração o vídeo apresentado pela PM. Como pode o baleado ter
dado dois tiros, levado um tiro e ainda ter tempo de colocar a arma na sua cintura?
A quem a PM quer enganar? "Diga a verdade e a verdade te libertará" (Jesus Cristo)
A PM não precisa temer. O policial será indiciado sim. E vai pagar o preço de uma
fatalidade.
QUARTO: Qual o montante de dinheiro que os ladrões levaram? Será que o crime compensou?
QUINTO: Se o policial não era segurança do supermercado, como ele chegou com tanta
rapidez na cena do fato????
SI NIS TROOOOOOO!!!
 
Vanderley Chiquito em 09/07/2011 10:10:27
tem que mandar bala mesmo nesses bandidos! mas se uma hora ou outra morrer um inocente não dá nada porq tenho certeza que esses bandidos matam mais trabalhadores doque a policia numa dessas ações,que sempre estão protegendo a população de bem.bandido tem que ser na bala mesmo...
 
alex da silva em 09/07/2011 09:52:49
NÃO SEI POR QUAL MOTIVO A IMPRENSA INSISTE EM COLOCAR OS BANDIDOS COMO INOCENTE E O POLICIAL COMO BANDIDO;
Me parece uma inversão de valores.
 
rogerio oliveira em 09/07/2011 09:51:46
Que o policial não estava fazendo bico já ficou claro, visto o depoimento do proprietário do mercado. Quanto á esta acusação da arma, o menor está sendo é bem orientado, pois com toda a certeza o advogado deles vai tentar de todas as formas desqualificar a ação do policial. Este que morreu já tinha assaltado tempos atrás uma pizzaria no Jacy, e neste dia haviam duas armas também.
É brincadeira, o policial é o mocinho e agora vão querer culpá-lo pela ação destes meliantes.
 
Carlos de Moraes em 09/07/2011 09:51:00
Eu achei a reação desse policial muito errado,por que no depoimento do outro autor o thiago,o policial ter chegado e rendido os dois e nao ter chegado atirando...mais espero qe a justiça seja feita por que o maycon ele era um grande amigo pra mim e pra todos da vila. Saudades de ti Maycon eternamente
 
caio henrique em 09/07/2011 09:07:00
NOSSA SEGURANÇA ESTA UMA MERCADORIA E AGORA QUEREM CRUCIFICAR O POLICIAL, O UNICO QUE FEZ A COISA CERTA,

ESTAO DANDO CREDITO A UM MARGINAL, UM ABSURDO, INVERSAO DE VALORES.

A MORTE DO GERENTE INFELIZMENTE FOI UM ACIDENTE.
 
NEWTON BARROS em 09/07/2011 07:09:00
Parabens policial. Infelizmente aconteceu uma fatalidade, mais o policial foi ágil e competente. Voces que nunca sentiram na pele um assalto; sempre é facil falar. Portanto, ele fez certinho. Oxala, todos tivesse essa coragem. Bandido é na bala mesmo. Peço a Deus que conforte a familia do gerente.
 
Joao Alves em 09/07/2011 06:16:43
A sociedade não deu tanta importancia quando há três anos atras em 2008 um Cb da policia militar foi assassinado por ladrões no mesmo mercado,ele tinha mulher e filhos que estão orfãos de pai tambem.Esta é a sociedade Brasileira que sempre critica a policia e defende o bandido.(Quando não é assaltada por ele!!!)
 
edmur conceição de paula em 09/07/2011 05:40:45
Agora...se o VAGABUNDO...GARANTE...POIS ELE NA VERDADE QUE FOI O RESPONSAVEL POR TUDO...ELE TEM RAZÃO????!!! O POLICIA ESTÁ ERRADO???...TA CERTO...POR ISSO E POR OUTRAS É QUE OS POLICIAIS DEVEM PARAR DE SE ARRISCAR...QUEM ESTÁ CERTO É O LADRÃO?!...HUMRUM...QUEM ESTAVA TRABALHANDO E PROTEGENDO A POPULAÇÃO MESMO NA FOLGA ESTÁ ERRADO...AH TA....QUEM SABE ESSES CRITICOS MUDAM DE OPINIÃO QUANDO OS SEUS FOREM POLICIAIS...NÉ!?...ME POUPE...BANDO DE HIPÓCRITAS...POIS QUANDO SÃO VITIMAS...DIZEM...POW! É SÓ VOCES DAREM UM PAU NELE...QUE ELE DIZ....ENGRAÇADO NÉ...QUANDO É COM ELES É DIFERENTE...PAÍS ENGRAÇADO...
 
Lincoln Cristovao em 09/07/2011 05:33:04
a questao nao o bico do policial e sim a vida do gerente foi uma fatalidade com certeza agora se voces orgaos competente nao queren que a policia faca uns bicos tenho 2 conselho coloca mais 3500 policial na rua que vamos nos sentir mais protegidos nao iremos mais gastar tanto dinheiro com cerca seguro trava muros alto e outra coisa se apolicia ganhase o suficiente ele estaria en casa com seus familiares que tal elevar o padrao dos policial para eles nao precisar faser bicos e se tornarem totalmente imcorrompivel .....meus sentimentos a seus familiares que deus comforte seus coracoes !!e meus parabens ao policial pode ter certeza que toda a populacao esta do seu lado !! VOCE PODE PERDER SUA FARDA MAS NAO PERDEU SUA DIGNIDADE AGIL COMO TAL!!!!!!!!!!
 
victor borges em 09/07/2011 04:21:30
Queria que fosse com o filho, pai, irmão de um desses defensores do bandido de farda, esse bandido agiu errado, tem que ser expulso da corporação, a imprenssa está mais que certa de divulgar o que esses bandidos de farda fazem
 
Tony Martin em 09/07/2011 04:19:30
Interessante a forma q estâo repercutindo o caso, como se o marginal fosse um coitado, e o policial fosse o errado, ele fez o q tinha q ter feito.
Se ele ñ tivesse reagido, hj ele seria cobrado por isso e pelas mesmas pessoas q estâo colocando ele como se fosse errado.
continue colocando o certo como e errado e o errado continue pintando da forma q estao !!!
 
Ana Paula Araújo em 09/07/2011 02:56:03
Cláudia Soares
Falar sobre uma situação que vc não vivenciou é muito fácil. O QUE VC FARIA??? Vc só vai saber qdo acontecer com vc., e peço a Deus que vc tome uma atitude igual a que o PM tomou, pense em defender ao próximo que está em risco, se não, leve os "Anjinhos' PARA CASA.
 
marcia nascdimento em 09/07/2011 02:51:55
Na realidade, vou apenas repetir o que o Cmdt da PM/SP disse :"- ... se chorar, que chore a mãe do bandido..."... essas doram as palavras do Cmdt da PM/SP. E ele está certíssimo!
 
Marcelo Max em 09/07/2011 02:26:21
"Adolescente garante", meu Deus o que é isso?
Bandido saiu para roubar, com arma em punho drogado, provocou duas mortes agora "garante".
EU SIM GARANTO, daqui alguns dias estará solto com novos amigos e novas vitimas.
 
Andrea Pereira em 09/07/2011 02:20:38
Ainda tem a cara de pau de dizer: "o adolescente que participou do roubo afirma que ele e Maycon Higor Aquino Paes, o segundo assaltante, entraram no mercado somente com uma pistola calibre 22." Tadinho, eles queriam ter msm um fuzil,! Ainda nao ter vergonha em dizer: APENAS UMA PISTOLA CALIBRE 22!!!!!!!!!!! Deveria ter acabado como o comparsa dele. infeliz, ainda daqui um tempo volta a cometer a msm coisa, aí quem sabe, se nao for pior.
 
geissy garcia em 09/07/2011 02:07:49
o governador,vamo aumentar a carga horaria dos pm´s,esta sobrando tempo p/eles fazer bico,dizer que é por causa que o salario ta baixo nao significa,ganham mais que professor,gerente de supermercado,motorista de onibus,etc.,isso pode deixalos cansados e quando a gente precisar quando tiverem de serviço nao atender a ocorrencia.alem do mais,os donos de mercados contratariam empresas de segurança(mega,cifra,blinks,etc.) que pagam tributos e o Estado arrecadaria mais e dava emprego pra seguranças que gastam com curso profissionalizante.
 
celso garcia (vigilante) em 09/07/2011 01:53:20
Nossaaaaaaaaa! O coitadinho do adolescente garante que estava apenas com uma arma, AINDA bem, pois se os dois estivessem com duas armas com certeza seria pior, teriamos mais mortos.... VAGABUNDOS, pois não tinham nem que ser considerada esta informação e pouco importa se o policial estava a trabalho se não estava, o mundo que vivemos e com o tipo de segurança publica que temos é impossivel ficar a mercê dos bandidos. Daqui a pouco o bandido será o policial e o responsavel pela morte do bandido e do segurança o dono do estabelecimento (ja que estao indicando que o policial estava a trabalho do estabelecimento).
Isso deveria ser dado como legitima defesa, afinal não exclui a culpa desses marginais no crime que não concluiu, se chegou a morte foi por conta da ação dos próprios bandidos.
Esse menor deveria estar na ESCOLA buscando conhecimento, deveria ir para uma igreja... Me desculpem mas não me comovo com a morte do comparsa desse menor.
A LEI tem que ser mudada JA!!!!
 
Suzana Maroli em 09/07/2011 01:41:12
Acho que analisar os fatos e chegar na verdade do aconteceu no dia, não é uma inversão de valores como estão dizendo. O fato é que um trabalhador morreu e por respeito a vida dele as policias têm que investigar e chegar na verdade nada mais alem da verdade. Isso não é inversão de valores, dar crédito a esse ou aquele individuo etc. QUEREMOS A VERDADE, SOMENTE A VERDADE DO QUE ACONTECEU.
 
Geovanna Padua em 09/07/2011 01:16:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions