A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

11/10/2016 08:33

Adolescente diz que ex-vereador foi espancado em encontro sexual

Viviane Oliveira e Julia Kaifanny
Luiz Ojeda foi encontrado ontem com vários ferimentos no rosto. (Foto: reprodução/Facebook)Luiz Ojeda foi encontrado ontem com vários ferimentos no rosto. (Foto: reprodução/Facebook)

Adolescente de 15 anos, suspeito de ter espancado o ex-vereador Luiz Antônio Ojeda, 54 anos, na madrugada de segunda-feira (10), no Bairro Cidade Jardim, em Campo Grande, confessou que agrediu a vítima após encontro sexual. A Polícia Civil descarta a hipótese de assalto e investiga se há participação de mais gente no crime. 

Conforme o delegado Camilo Kettenhuber Cavalheiro, o garoto relatou durante depoimento que, na noite de domingo (9), estava a pé na Avenida Afonso Pena, quando a vítima parou com o carro e ofereceu carona. O suspeito aceitou e durante o trajeto foi combinado entre os dois o valor de R$ 20 para que o menino fizesse programa.

Eles foram para o Bairro Cidade Jardim e depois da relação sexual os dois se desentenderam. Eles saíram do veículo, começaram a discutir, até que o menino deu uma gravata e derrubou Luiz no chão. O adolescente, então, deu quatro chutes no rosto da vítima e ainda pegou uma pedra e a agrediu com mais dois golpes na cabeça.

Ainda segundo a autoridade policial, a vítima desmaiou e o garoto aproveitou para fugir. “Ele contou que quando já estava na Marquês de Pombal encontrou o irmão e os dois voltaram até o local do crime para pegar os objetos da vítima. Ele roubou duas carteiras, celular, estepe e uma camisa”, relata.

O suspeito afirma que o irmão não sabia da situação e que não participou do crime. Luiz foi encontrado caído em uma calçada, com rosto desfigurado e diversos ferimentos na cabeça ao lado de um automóvel alugado. Ele estava sem documentação e foi achado por um morador, que acionou o socorro.

Delegado Camilo; ele diz que não descarta o envolvimento de mais gente no crime. (Foto: Julia Kaifanny)Delegado Camilo; ele diz que não descarta o envolvimento de mais gente no crime. (Foto: Julia Kaifanny)

Após investigação e denúncia anônima, o SIG (Serviço de Investigações Gerais) conseguiu localizar e apreender o adolescente em uma rua do Bairro Tiradentes, por volta das 2h de hoje. “A família dele é desestruturada. O pai está preso e a mãe ninguém sabe o paradeiro dela. O menino disse que mora na rua”, diz o delegado.

No endereço onde ocorreu o crime há câmeras de segurança e a polícia deve solicitar as imagens para ajudar na investigação. A carteira roubada foi localizada em uma caixa de gordura dentro de um cano PVC escondido na rua. O celular da vítima o suspeito vendeu por R$ 100. O estepe ainda não foi recuperado. O garoto está sob custódia do Ministério Público e deverá ser encaminhado para uma Unei (Unidade Educacional de Internação).

Estado grave - O ex-vereador continua internado no CTI (Centro de Terapia Intensiva) da Santa Casa. Conforme a assessoria de imprensa da unidade, o paciente está entubado, com ventilação mecânica, em coma induzido e o estado de saúde dele é considerado grave.



É nisso que dá querer "pegar" menininho e depois não querer pagar...
 
Mariana Carvalho em 12/10/2016 08:49:06
esse senhor, não concorreu a reeleição quando descobriu estar doente, ele é um criminoso, ao abordar uma criança,
 
Sergio Ferreira de Lima em 11/10/2016 13:04:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions