A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

10/10/2016 18:29

Polícia apura se ex-vereador foi vítima de ‘onda de violência’, revela candidato

Luiz Antonio Ojeda foi vereador em 1996 e trabalhou na campanha de Beto Avelar para vereador neste ano

Anahi Zurutuza e Guilherme Henri
Luiz Antonio Ojeda está internado na Santa Casa (Foto: Facebook/Reprodução)Luiz Antonio Ojeda está internado na Santa Casa (Foto: Facebook/Reprodução)

A Polícia Civil ainda não tem muitas pistas sobre o que pode ter motivado a violência contra o ex-vereador de Campo Grande, Luiz Antonio Ojeda, 54. Mas, um dos delegados plantonistas da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, que conversou com Beto Avelar, candidato a vereador para quem a vítima fez campanha, revelou que Ojeda poder ter sido vítima de uma “onda de violência” registrada na Capital entre a noite de domingo e a manhã de hoje (10).

“O delegado que falou comigo às 6h30 disse que foram registrados outros casos, mas disse só isso. Faz sentido, porque o Luiz Antonio não tem inimigos”, afirmou Avelar.

O advogado e ex-candidato estava em Rondonópolis (MT) para audiências quando recebeu a ligação. “Estou voltando para Campo Grande para dar apoio à família”, afirmou à reportagem no início da noite desta segunda-feira.

Ele não confirma que o carro que estava com Ojeda tenha sido locado para uso exclusivo na campanha eleitoral. “Ele mesmo tinha alugado eu acho”.

No fim da tarde, ao sair da Depac, Luis Enrique Ojeda, 26, filho da vítima preferiu não dar detalhes sobre o que a polícia já havia apurado. “Me pediram sigilo”, afirmou. Delegados e investigadores também preferiram não comentar mais nada sobre o caso.

Outros crimes – Por volta das 22h30 de ontem, um homem de 28 anos e uma mulher de 31 anos foram rendidos por dois bandidos armados, colocados no porta-malas do veículo, mas conseguiram escapar e acionar a Polícia Militar.

O casal saía de um bar na rua Euclides da Cunha, no Jardim dos Estados. O carro Citroën C4 Lounge que os bandidos levaram foi encontrado, horas depois, abandonado na rua Senhor do Bonfim, no bairro Nova Bahia – no norte da cidade.

Em uma rápida busca pelo Sigo (Sistema Integrando de Gestão Operacional), que a Polícia Civil usa para registrar ocorrências, é possível encontrar ao menos seis assaltos, que acontecerem entre às 20h de ontem e às 5h de hoje. Na maior parte dos casos, as vítimas foram abordadas por duplas armadas e que estavam em motocicletas.

Saúde– Na madrugada desta segunda-feira (10), o ex-vereador, que atualmente era servidor do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), foi encontrado caído e muito machucado em uma calçada do bairro Cidade Jardim – no leste de Campo Grande.

O ex-vereador foi transferido na tarde desta segunda-feira (10) para o CTI (Centro de Terapia Intensiva) da Santa Casa. A informação é da assessoria de comunicação da unidade de saúde que ainda revelou que ele continua em estado grave.

A internação no CTI foi a pedido de médicos neurologistas. Ojeda está em coma induzido porque teve muitos ferimentos na cabeça.

Luiz Antonio foi presidente do Comercial Esporte Clube - de 1999 e 2002 - e vereador em Campo Grande em 1996, pelo PT (Partido dos Trabalhadores). Na época, ele ocupou o cargo de primeiro secretário da Câmara Municipal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions