A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

17/01/2011 19:33

Adolescente que matou por ciúmes de ex-namorada se apresenta à Polícia Civil

Viviane Oliveira
O jovem foi baleado com três tiros, inconsciente, seguiu com o veículo até bater no muro da borracharia, onde morreu.O jovem foi baleado com três tiros, inconsciente, seguiu com o veículo até bater no muro da borracharia, onde morreu.

Um adolescente de 17 anos se apresentou à 3º delegacia de Polícia Civil e confessou ter matado com três tiros Émerson Borges Gonçalves, 26 anos, no dia 03 de dezembro, na Vila Margarida em Campo Grande. Após ter identificado a autoria do crime, no dia 5 deste mês, a Polícia está prestes a concluir o inquérito sobre o caso.

Na delegacia o adolescente esclareceu que a menina de 16 anos que estava na garupa da moto de Emerson foi ex-namorada dele.

De acordo com o delegado responsável pelo caso Dimitri Palermo, em depoimento o adolescente disse que no dia do crime Deivison, 20 anos, conduziu a moto enquanto ele atirou em Emerson.

Deivison o outro suspeito está preso por roubo e será ouvido na próxima quarta-feira. O delegado não quis divulgar o nome completo. Ele informou que ainda irá ouvi-lo.

O adolescente contou que toda vez que encontrava Emerson eles discutiam muito e que em uma das brigas a vítima chegou até sacar a arma para ele.

O adolescente se apresentou, acompanhado do advogado, foi ouvido e liberado.

O crime - Émerson e a namorada estavam de moto quando foram surpreendidos pelos autores, que estavam em outra moto.

O jovem foi baleado com três tiros, dois na cabeça e um na região do pescoço. Inconsciente, seguiu com o veículo até bater no muro de uma borracharia, onde morreu.

Devido ao acidente, a adolescente foi encaminhada ao hospital.

Namorada de rapaz assassinado na Vila Margarida será interrogada
O Boletim de Ocorrência da morte de Emerson Borges Gonçalves, de 26 anos, chegou ontem na 3ª DP (Delegacia de Polícia) da Capital e o delegado Dimitr...
Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...


eu acredito que o moço que cometeu isso foi por legitima defeza .se o emersom ja havia sacado pra ele varias veses a arma cm certeza iria mata-lo.so estava esperando uma oportunidade .para cometer o crime .contra ele .
 
ana cristina c. em 16/05/2011 02:32:56
é mesmo e Ainda saiem ilesos
 
karina simões em 19/01/2011 03:35:11
É está virando moda esse negócio de matar e depois se apresentar e a polícia nem abordar com arma em punho pode. É "pra caba" mesmo.
 
Douglas Ruiz em 17/01/2011 07:45:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions