A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/05/2015 10:53

Advogado, ex-vereador envolvido em escândalo "sofre" em cela da DERF

Filipe Prado

Diabético e hipertenso, o ex-vereador Robson Leiria Martins, preso acusado de aliciar e agenciar adolescentes para políticos, gravando os encontros para extorquir os envolvidos, tem dores de cabeça e está com os pés inchados em cela da DERF (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos). O advogado do acusado, Antônio César Jesuíno, pediu a transferência do ex-vereador para uma sala especial, já que ele também é advogado.

Segundo o Jesuíno, Matins tem saúde instável e precisa de medicação diariamente, incluindo a insulina, mas mesmo assim passa mal algumas vezes. Porém, até hoje, o ex-vereador não sofreu nada grave.

O pedido de transferência, conforme o advogado, se deu pela formação do ex-vereador, bacharel em Direito. “De acordo com o estatuto dos advogados, até ele ser condenado, ele tem direito a uma sala especial”, assegurou. Os problemas de saúde foram citados no pedido, porém não é “a motivação maior”. Em Campo Grande, as salas especiais são localizadas na sede da Polícia Militar, no Parque dos Poderes.

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) entrou com um pedido de "transferência para sala de estado maior" a favor do acusado, mas ainda não foi analisado pelo Juiz. O advogado crê que a transferência seja decretada ainda hoje (5).

Até o momento, o empresário e pastor evangélico Alceu Bueno renunciou ao mandato de vereador após ser indiciado por exploração sexual de adolescentes. Conforme a Polícia Civil, Otero, Martins e o empresário Luciano Pageu agenciavam meninas para políticos, gravavam os encontros para extorquir os envolvidos. Alceu e o ex-deputado Sérgio Assis foram indiciados por exploração sexual.

Oliveira homologou o acordo e decretou sigilo nas investigações que devem revelar os nomes de mais envolvidos no esquema. Só o promotor de Justiça, o delegado Paulo Sérgio Lauretto e o advogado de defesa, Amilton Ferreira de Almeida, poderão ter acesso aos autos do inquérito.



Quando estava na esbórnia não tinha problema de saúde e agora resolve ficar doente?
 
Alex André de Souza em 05/05/2015 11:39:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions