A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/09/2016 10:07

Aero Rancho começa a receber novas luminárias e lâmpadas de LED

Em tempo recorde, adesão à licitação feita em outro estado no valor de R$ 33,8 mi foi aprovada e colocada em prática

Chloé Pinheiro
Novas lâmpadas que chegaram ao Aero Rancho na terça-feira (08). (Foto: Alcides Neto)Novas lâmpadas que chegaram ao Aero Rancho na terça-feira (08). (Foto: Alcides Neto)

A instalação das 9 mil lâmpadas de LED prometida na terça-feira (6) pelo prefeito, Alcides Bernal (PP), em entrevista ao Campo Grande News,começou antes do previsto no Aero Rancho. Na própria terça, equipes da empresa Solar Distribuição e Transmissão já estavam no bairro, que é o mais populoso da capital, fazendo a troca. 

Há anos a população do Aero Rancho convive com a escuridão em diversas de suas ruas, mas ainda não dá para dizer quantas vias receberão a novidade. 

Bernal havia informado que se tratam de 9 mil lâmpadas, mas a assessoria de imprensa da Prefeitura não confirma a extensão do projeto, apenas que o trabalho acontece "nas imediações da Avenida Arquiteto Vilanova Artigas". 

Em visita ao bairro nesta quinta (08), a reportagem viu que quase toda a extensão da Avenida já recebeu os novos aparatos, mas não encontrou nenhuma equipe trabalhando. A Solar foi procurada para detalhar o serviço, mas ainda não se manifestou.

O que já se sabe é que a contratação foi feita via adesão à ata de registro de preços da Associação dos Municípios da Bacia do Médio São Francisco, publicada no último dia 31 de agosto no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande).

A um custo de R$ 33,8 mi, a Solar, empresa sediada em Montes Claros/MG, é a responsável pela aquisição e instalação das lâmpadas. Nesta quinta (08), a Prefeitura publicou no Diogrande o extrato do contrato com a empresa, que revela que o custo milionário será bancado com a arrecadação da Cosip (Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública). 

Estado das lâmpadas atuais do Aero Rancho revela a necessidade da troca. (Foto: Alcides Neto)Estado das lâmpadas atuais do Aero Rancho revela a necessidade da troca. (Foto: Alcides Neto)

A taxa foi suspensa pelo TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), depois de queda de braço que durou meses entre Prefeitura e Câmara Municipal. Segundo o vereador Edil Albuquerque (PMDB), o tributo gerou R$53 milhões em caixa, sem destino esclarecido.

A disputa entre executivo e legislativo, entretanto, está longe do fim. Albuquerque afirmou que a contratação da Solar foi feita sem estudo prévio de engenharia e que irá pedir ao Ministério Público para investigar a contratação. Já Bernal luta na justiça para cancelar a suspensão da taxa.

Vale lembrar também que na sexta-feira passada (2), o Campo Grande News flagrou dez contêineres estacionados no pátio da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) repletos de lâmpadas de LED chinesas.

A Prefeitura se limitou a dizer que as lâmpadas do Aero Rancho foram licitadas, mas não especificou se o carregamento da semana passada tem relação com a Solar Distribuição e Transmissão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions