A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

09/07/2015 17:21

Agência descarta repassar aos passageiros queda no valor do diesel

Ricardo Campos Jr.
Agereg quer manter tarifa mais cara até o fim do ano (Foto: Vanessa Tamires)Agereg quer manter tarifa mais cara até o fim do ano (Foto: Vanessa Tamires)

A Agereg (Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos) encaminhou ofício ao vereador Eduardo Romero (PtdoB) afirmando que não irá reduzir a tarifa de ônibus até o fim do ano. O parlamentar havia pedido a revisão do valor tendo em vista a queda no imposto sobre o óleo diesel, que já ficou R$ 0,15 mais barato nos postos.

Segundo a assessoria do vereador, o órgão se justificou dizendo que não pode mexer no preço até ele tenha completado 12 meses em vigor. No entanto, Romero afirma ter rebatido a alegação dizendo que o passe de ônibus já foi reduzido fora de época pelo menos outras duas vezes só em 2013.

A primeira foi quando o Governo Federal emitiu a isenção do PIS e COFINS e a tarifa ficou R$ 0,10 mais barata. A segunda foi quando houve a isenção do imposto municipal ISSQN, que resultou na redução de mais R$ 0,05.

Romero também havia encaminhado ofício ao MPE (Ministério Público Federal) junto com a cópia do contrato de concessão com o Consórcio Guaicurus, que prevê mudanças extemporâneas em casos excepcionais.

Tanto a Agereg quanto o Consórcio Guaicurus afirmam que só vão se manifestar a respeito da mudança no valor do passe de ônibus no fim do ano, quando vencer o valor atual.



É Campo Grande é a terra dos chefões, a favor da população só mesmo o papa Francisco porque se nem o Vereador Eduardo Romero conseguiu através de seu mandato que é do povo reduzir uma conta sim (sobe o preço do combustível, sobe a tarifa. Agora abaixou o preço do combustível... e não abaixou a tarifa). Que revolta que revolta. Porem o velho ditado prevalece na câmara de vereadores. " Uma andorinha sozinha não faz verão" cade as outras 28 andorinhas?
 
Beto em 10/07/2015 10:20:00
É muito engraçado, reduzir a tarifa quando tem queda no preço dos combustíveis não querem né? Mas, ao primeiro sinal de aumento, imediatamente repassam isso ao usuário. Depois que pegam o osso não querem mais largar mesmo né?
 
Mariana Carvalho em 09/07/2015 22:27:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions