A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

04/01/2016 14:23

Agência Penitenciária e PM apuram fuga de membro do PCC na Máxima

Filipe Prado
Geraldo fugiu no último sábado (Foto: Divulgação)Geraldo fugiu no último sábado (Foto: Divulgação)

A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Prisional) afirmou nesta segunda-feira (4) que abrirá sindicância interna para apurar a fuga de Geraldo de Souza Neto, 37 anos, na manhã de sábado (2), do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande. O fugitivo, membro da facção criminosa PCC, usou uma corda de lençóis para escalar e pular o muro, de cinco metros.

Segundo o a assessoria de imprensa da Agepen, não há informações sobre a recaptura do detento. Geraldo confeccionou a “Teresa”, como é conhecida a corda de lençóis, e usou uma barra de ferro, cerrada de sua cela, para escalar o muro. A suspeita é de que a cerca elétrica estava desligada no momento da fuga.

A sindicância interna será realizada pela Agepen, que realiza a custódia dos presos, e PM (Polícia Militar), responsável pela segurança da muralha. A cela do detento foi isolado e passou por perícia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions