A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

13/09/2013 11:39

Alunos de 12 a 15 anos são flagrados com pistola 635 e facas em escola

Aliny Mary Dias e Graziela Rezende
Armas foram apreendidas em mochilas de alunos (Foto: Marcos Ermínio)Armas foram apreendidas em mochilas de alunos (Foto: Marcos Ermínio)

Quatro alunos com idades entre 12 e 15 anos foram apreendidos na manhã desta sexta-feira (13) com uma pistola calibre 6.35 milímetros, um soco inglês, uma faca e um canivete na escola Maria Tereza Rodrigues, bairro Santo Emília, em Campo Grande.

De acordo com a Polícia Militar, uma denúncia anônima dava conta de que um aluno estaria com uma arma na escola. Os policiais foram até o colégio por volta das 9h30 e abordaram os alunos.

Em uma das salas, os policiais encontraram a pistola, o soco inglês e o canivete na mochila de um adolescente de 14 anos. O estudante disse aos policiais que as armas estavam sendo guardadas para um outro colega de 15 anos.

Os policiais foram então até o outro menino que disse que as armas foram pegas na casa de um terceiro aluno. A Polícia Militar foi até a casa onde um adolescente de 13 anos estava. O menino disse ainda que os itens estavam guardados porque houve uma briga e um dos colegas andava armado.

Os três adolescentes foram apreendidos e encaminhados para a Deaij (Delegacia Especializada no Atendimento à Infância e Juventude). Ao delegado, os meninos disseram que uma outra colega também estava com uma arma na escola, dessa vez uma faca.

Os policiais voltaram à escola e encontraram a faca na mochila de uma estudante de 12 anos. A menina disse aos militares que andava armada porque brigou com uma colega e a mãe dessa colega teria a ameaçado de morte.

A adolescente também foi levada para a delegacia. Os alunos prestaram depoimento e ainda não há informações se os adolescentes serão liberados ou encaminhados para uma instituições de menor infrator.

Polícia confirma participação de jovem de 18 anos na morte de estudante
A Polícia Civil, com diligências realizadas entre a noite de ontem e a manhã de hoje (13), já tem indícios suficientes para incluir a participação de...
Menina ferida em briga por perfume em escola morre na Santa Casa
A estudante Luana Vieira Gregório, de 15 anos, morreu na Santa Casa de Campo Grande depois de levar uma facada no abdômen na saída do colégio. O crim...
De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....


Isso e normal, os alunos estão vendo que não adianta mais reclamar, reclamam na direção e nada e feito, os garotos bom tem medo e os ridículos que se acham estão aprontando nas escolas,
 
Claudia Chillaver em 13/09/2013 20:44:50
Até quando???????????????. mudanças nas leis urgente.
 
sales santos em 13/09/2013 20:02:03
Penso que algum dos nobres e muito bem remunerados políticos do nosso estado, da nossa capital deveriam providenciar no mínimo um detector de metais no portão de cada unidade escolar, haja vista que segundo os mesmo agentes políticos, não há condições de 'colocar' um policial militar em cada instituição.

Caso não seja possível instalar um detector de metais em cada escola, o patrulhamento deveria ser extremamente reforçado nas chegadas e saídas de escola, principalmente em bairros periféricos.

Sem mais.
 
Thiago Assis em 13/09/2013 16:21:33
enquanto isso os defensores de direitos humanos, em sua maioria, acham que eles são crianças, inocentes, e que não podem trabalhar, não podem ter qualquer tipo de outra ocupação, apenas os estudos. Ai dá nisso, ficam o resto do dia ociosos, tomando tererá, fumando, jogando video game, mexendo em rede social e pensando em fazer besteiras.
 
rafael santos em 13/09/2013 15:32:46
LIBERADOS?????? ¨ Prᨠquê???????
 
ELIO SANTOS em 13/09/2013 15:28:53
Eu acho que deve haver a redução da maioridade penal para os jovens, mas, tem de haver antes de tudo, e principalmente, a volta da família cuidando da família. Os pais atentos aos filhos, orientando e ensinando que tudo se resolve conversando, sem precisar usar a força. O que vemos hoje são os pais ensinando aos filhos que "não tragam desaforos para casa" e com isso os jovens se degladiam e se matam e as famílias são destruidas.
Tudo é mais fácil se tratado com amor, respeito, paciência e tolerância.
Pais, pensemos nisso. Vamos cuidar de nossos filhos como preciosidades.
Deus nos abençõe e nos guarde.
 
Magda de Oliveira Nantes Afonso em 13/09/2013 15:25:04
Ahhhh os DIREITOS DESUMANOS!!!!! Bem fazia a minha mãe, a 1ª vara da infancia e da juventude (vara da goiabeira), e olha que os 6 filhos não morreram, estão todos criados e bem de situação!!!!!
 
Valdecí Batista Santos em 13/09/2013 15:01:35
Tem que multar ou prender as mães e os pais, se nada for feito não adianta tomar as armas.
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 13/09/2013 12:58:31
Os adolescentes, devem ser encaminhados as delegacia do menor e os pais devem comparecer e assinar termo de responsabilidade.......
Quanto a mâe que fez ameça deve também ser chamada.........
 
antonio lino em 13/09/2013 12:25:40
Crime inafiançavel aos pais também, por omissão na educação dos filhos. 3 a 6 meses de reclusão. Quero ver se os pais não vaão conseguir educar seus filhos.
 
Roberto Motta em 13/09/2013 12:17:37
Parece que a moda esta pegando, ou acharam bonito o que aconteceu com aquelas alunas do video e, com o final da Luana!!! Não é dificil prever o que vão virar estes adolescente, onde estão os pais?
 
Mirtes Lourenço Camilo em 13/09/2013 12:16:35
Fico pensando onde vão parar esses adolescentes. Gente e os pais ? onde estão? desculpa que trabalham, mas não justifica . Eu sempre trabalhei fora e sempre peguei no pé dos filhos , ia na escola constantemente para saber do comportamento deles , é muito importante a nossa presença na escola, é lá que ficamos a par das atitudes dos filhos . Tem professor que nem conhece os pais do aluno , e vice versa. OS PAIS TEM QUE PARTICIPAR DA VIDA ESCOLAR DOS FILHOS , ESTÁ FALTANDO AMOR E DEDICAÇÃO DOS PAIS.
 
helena da costa andrade em 13/09/2013 12:14:01
Triste realidade! Não vejo a hora de sair desta profissão que é professor, estamos jogado pela sociedade a merce da violência.
Jovens não estude para dar aulas, procure outra profissão...
 
Carlos Netto em 13/09/2013 12:13:27
NÃO PODEM SER LIBERADOS, MANDA TODO MUNDO PARA INSTITUIÇÃO.
 
Edinalva Garcia em 13/09/2013 12:08:20
Pobrezinhos..."não sabem o que fazem" !
 
Andre Silva em 13/09/2013 11:52:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions