A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/07/2014 15:03

Antes de iniciar velório de irmão, família fica sabendo de outro baleado

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado
Após novo tiroteio, Polícia Militar faz novas buscas em bairro da Capital (Foto: Marcelo Calazans)Após novo tiroteio, Polícia Militar faz novas buscas em bairro da Capital (Foto: Marcelo Calazans)

A família ficou sabendo do tiroteio, que resultou em ferimentos em Cícero Gonçalves Batista, 27 anos, antes de iniciar o velório do irmão dele, Adair José Gonçalves Batista, 21, morto a tiros na tarde de ontem. Os dois foram baleados na Rua Panonia, no Jardim Montevidéu, na saída para Cuiabá.

Conforme familiares, que aguardavam o início do velório de Adair no Cemitério Cruzeiro, Cícero foi atingido por dois tiros nas costas. Ele foi encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande.

Bastante abaladas, a esposa e a cunhada de Cícero não quiseram se identificar. Limitaram-se a informar que a irmã dele foi ao hospital para saber do seu estado de saúde.

Conforme testemunhas, um grupo de homens saiu da Rua Panonia para vingar a morte de Léo Valdez de Souza, 31, ocorrida no sábado no Conjunto Mata do Jacinto. Em seguida, houve uma troca de tiros e Cícero foi atingido pelos disparos. Ele correu até uma oficina mecânica, onde pediu socorro e foi atendido pelo Corpo de Bombeiros.

Este é um dos fins de semana mais violento de Campo Grande. Até ontem, foram 13 assassinatos neste mês, mais que o dobro dos seis registrados em julho do ano passado. É o mês mais violento desde 2010, conforme dados divulgados pela Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions