A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

27/02/2014 15:55

Antes do Carnaval, Crea fiscaliza segurança em 11 clubes da Capital

Mariana Lopes e Filipe Prado
Fiscalização na tarde de hoje foi no clube Estoril (Foto: Marcos Ermínio)Fiscalização na tarde de hoje foi no clube Estoril (Foto: Marcos Ermínio)

Desde janeiro deste ano, o Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de MS) realiza vistorias em clubes de Campo Grande. No total, 11 lugares foram visitados pelo órgão, dos quais dois clubes promoverão eventos durante o período de Carnaval.

Na tarde de hoje (27), o presidente do Crea, Jari Castro, junto com uma equipe de fiscais e a gerente de fiscalização do órgão, Delma Ramos, visitou o clube Estoril, na Capital, para verificar se as ART’s (Anotação de Responsabilidade Técnica) dos equipamentos estão corretos.

De acordo com o presidente do Crea, toda a documentação do Estoril, no que compete ao Conselho fiscalizar, está regular. Porém, Jarí Castro destacou que no banheiro do clube não há acessibilidade para deficientes.

Mas, neste caso, a responsabilidade em vistoriar este quesito e, se necessário, interditar, é da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano).

Após fiscalização, o Crea emite um documento relatando os itens que estão corretos e os que, porventura, estão pendentes. Após a vistoria do Conselho Regional de Arquitetura e Agronomia, o Corpo de Bombeiros também realiza visita prática aos locais para liberar os alvarás de funcionamento.

Amanhã (28), o Crea fiscaliza a documentação da estrutura da festa de carnaval de rua, montada na avenida Fernando Correa, e a do desfile das escolas de samba da Capital, que será feito na Praça do Papa. A mesma fiscalização está sendo feita nas cidades do interior do Estado, onde terão festas de Carnaval, como Paranaíba, Dourados e Corumbá.

Multa – Os clubes que não apresentarem a ART será multado em R$ 168, mas recebe um prazo para regularizar a documentação até o dia do evento. Caso o prazo não seja cumprido, a multa sobe para R$ 778.

Porém, o Crea não tem o poder de interditar o evento, conforme explica o presidente do órgão. Contudo, pode denunciar a irregularidade ao Ministério Público Estadual.

Homem é baleado nas costas enquanto caminhava na 14 de Julho
Jovem de 23 anos foi baleado nas costas enquanto caminhava na Rua 14 de Julho, no Bairro Cabreúva, em Campo Grande. Hugo Vinícius Crisanto de Lima fo...
Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions