A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Agosto de 2019

18/04/2019 09:22

Ao sair de estacionamento, motorista invade preferencial e causa acidente

O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (18) na Avenida da Capital, na região do Bairro Vila Rica

Viviane Oliveira e Kerolyn Araújo
Carro foi parar na calçada e quase bateu no muro de uma casa  (Foto: Kerolyn Araújo) Carro foi parar na calçada e quase bateu no muro de uma casa (Foto: Kerolyn Araújo)

Uma mulher de 85 anos sofreu ferimentos na cabeça após colidir o carro que conduzia contra outro veículo, na manhã desta quinta-feira (18), na Avenida da Capital, na região do Bairro Vila Rica, em Campo Grande. A idosa foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros à Santa Casa. A motorista do outro carro não sofreu ferimentos, mas passou mal e precisou de atendimento médico.

Conforme testemunhas, a idosa saiu do estacionamento do Fort Atacadista dirigindo um Chevrolet Corsa quando, por algum motivo que ainda será investigado, invadiu a avenida da Capital e acabou colidindo a frente do carro contra um Fiat Siena conduzido por uma jovem de 18 anos. Os nomes das condutoras não foram divulgados. 

Em razão da pancada, a idosa perdeu controle da direção, subiu na calçada e acabou batendo a cabeça no para-brisa do automóvel ao lado do passageiro. Ela sofreu um corte na testa e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros. Já a outra motorista chegou a descer do carro, mas passou mal e foi levada para o Prontomed. A frente dos dois carros ficou danificada. 

Os moradores do entorno reclamam dos constantes acidentes na região e pedem quebra-molas na via. "Em sete dias, foram cinco acidentes. Os motoristas abusam da velocidade. Em horário de pico, a situação piora. Aqui precisa de um quebra-molas urgente", disse Patrícia Cristina do Santos, 31 anos. Compartilha da mesma opinião, o comerciante Luiz Cézar Índio do Brasil, 60 anos. "Os carros trafegam de 90 a 100 km/h. Se nada for feito aqui, logo haverá acidente com morte", lamentou. 

A frente dos dois veículos ficou danificada  (Foto: Kerolyn Araújo) A frente dos dois veículos ficou danificada (Foto: Kerolyn Araújo)


Presenciei o acidente (saiu do estacionamento do Fort atras dela) e nada a ver com velocidade. Era falta de atenção. A idosa saiu do Fort, virando para esquerda. Para isso passou por uma abertura na fila de carros parados no sinal vermelha da Av. Capital com Ceara, e bateu num carro passando na outra faixa (vindo da direita, dir. centro-bairro, nem muito rapido), que ficou surpreendida com alguem saindo do meio de uma fila parada.
Também, se ela estivesse usando cinto de segurança, não teria batido a cabeça na parabrisa (que quebrou) e não teria se machucado...
Ficou meio desacordado no carro, a ponto de não frear (achei que ia fugir): subiu na calçada depois do acidente, ainda bateu num poste (por isso o carro dela tambem estragou do lado esquerdo) e finalmente parou batendo num muro.
 
marc em 18/04/2019 11:39:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions