ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Aos 75 anos, advogado Aires Gonçalves perde luta para covid-19

Natural de Bela Vista, Aires dedicou 46 anos à advocacia.

Por Mirian Machado | 23/03/2021 13:32
Dos 75 anos de vida de Aires, 46 foram dedicados à advocacia (Foto: divulgação)
Dos 75 anos de vida de Aires, 46 foram dedicados à advocacia (Foto: divulgação)

O advogado Aires Gonçalves de 75 anos não resistiu e faleceu na manhã desta terça-feira (23), após não resistir a um ataque cardíaco em decorrência da covid-19. Ele chegou a ficar internado por vários dias.

Dos 75 anos de vida, 46 foram dedicados à advocacia. Aires era natural de Bela Vista, onde era um dos diretores da rádio Bela Vista 98,5.

A OAB/MS emitiu nota de extremo pesar comunicando o falecimento o advogado tributaristas. “É com muita tristeza no coração e na alma que comunicamos o falecimento de um dos maiores tributaristas que as terras sul-mato-grossenses já conheceram. O Doutor Aires Gonçalves foi também um grande nome na advocacia tributária brasileira e um filho de Bela Vista. Amava e era apaixonado pelas artes, principalmente pela música regional Brasil-Paraguai. Foi uma das pessoas que apresentou ao mundo o grande violeiro Marcelo Loureiro, pois tinha capacidade de interpretar e conhecer o talento das pessoas. Esta é uma perda irreparável e insuperável. Penso que pelos próximos anos não teremos uma pessoa do nível e da qualidade de Aires Gonçalves”, lamentou o Presidente Mansour Elias Karmouche, na nota.

A OAB ainda informou que o velório ocorre as 8h de amanhã (24) e o sepultamento às 10h no Parque das Primaveras, ambos restritos aos familiares, seguindo as recomendações das autoridades sanitárias.

Nas redes sociais, familiares e amigos também lamentaram a perda de Aires. “Muito triste com a notícia do meu advogado e amigo!!! Acompanhei sua trajetória desde quando era criança.. Descanse em paz meu amigo”, dizia um amigo. “Descanse em paz querido amigo, conterrâneo belavistense Dr. Aires”, comentou uma mulher.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário