ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Apartamentos são para quem ganha até R$ 1.800 e contemplado pode se mudar hoje

Mato Grosso do Sul enfrenta déficit habitacional de 71.966 moradias

Por Aline dos Santos e Gabriela Couto | 30/06/2022 09:47
Casa nova para uns, lar na rua para outros: o desafio da habitação tem seu retrato em residencial do Jardim Canguru. (Foto: Marcos Maluf)
Casa nova para uns, lar na rua para outros: o desafio da habitação tem seu retrato em residencial do Jardim Canguru. (Foto: Marcos Maluf)

Os 300 apartamentos que serão entregues na manhã desta quinta-feira(dia 30) pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) serão destinados a famílias com renda de até R$ 1.800 por mês. Os contemplados já poderão se mudar hoje, após o encerramento da cerimônia oficial.

“Após a solenidade, eles já podem se mudar. Sensação extremamente gratificante de dever cumprido. A missão é trazer atendimento e garantir a demanda habitacional do sonho da casa própria. Esses moradores são da faixa 1, com renda menor de R$ 1.800 por mês. Desta forma, as parcelas podem variar de R$ 80 a R$ 240”, afirma a diretora-presidente da Agehab (Agência de Habitação Popular), Maria do Carmo Avesani Lopez.

Segundo a diretora, a obra no Jardim Canguru começou em 2018 e a confluência de esforços entre União, governo estadual e prefeitura permitiu a construção de imóveis adaptados para cadeirantes e área de lazer para os moradores.

"Após a solenidade, eles já podem se mudar", afirma diretora-presidente da Agehab. (Foto: Marcos Maluf)
"Após a solenidade, eles já podem se mudar", afirma diretora-presidente da Agehab. (Foto: Marcos Maluf)

O empreendimento imobiliário faz parte do programa Casa Verde e Amarela. O governo federal investiu R$ 24 milhões, enquanto Mato Grosso do Sul deu contrapartida de R$ 5 milhões. A prefeitura de Campo Grande elaborou o projeto executivo da obra, doou o terreno e pavimentou o acesso ao residencial.

Mato Grosso do Sul tem déficit habitacional de 71.966 moradias. A estimativa foi feita pela Fundação João Pinheiro/IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

No ano passado, foram entregues 2.076 casas populares no Estado, sendo 1.816 unidades habitacionais e 260 lotes urbanizados. A meta em 2022 é entregar 1.400 unidades.

Público à espera de solenidade com presidente no Jardim Canguru. (Foto: Marcos Maluf)
Público à espera de solenidade com presidente no Jardim Canguru. (Foto: Marcos Maluf)


Nos siga no Google Notícias