ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  03    CAMPO GRANDE 20º

Capital

Após 18 dias internada, jovem baleada na cabeça da à luz na Santa Casa

Jovem veio para Capital com 30 semanas de gestação, logo após ser baleada pela companheiro

Por Geisy Garnes | 22/07/2021 10:11
Prédio da Santa Casa, onde bebê nasceu nesta quinta-feira (Foto: Arquivo)
Prédio da Santa Casa, onde bebê nasceu nesta quinta-feira (Foto: Arquivo)

Após 18 dias internada, a grávida baleada com dois tiros na cabeça pelo namorado em Corumbá – cidade a 446 quilômetros de Campo Grande – deu à luz a Santa Casa de Campo Grande. O parto normal aconteceu nesta quinta-feira (22) sem complicações ou necessidade de intervenção.

A jovem veio para a Capital no dia 5 de julho, logo após ser baleada e foi internada na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) com 30 semanas de gestação. Imediatamente a equipe médica trabalhou para estabilizar o quadro clínico da paciente e do bebê. Com ambos estáveis, foi decidido que qualquer procedimento cirúrgico só seria feito após o parto, para evitar riscos à saúde da criança.

Nesta madrugada a jovem deu à luz. Segundo a assessoria da Santa Casa, não houve complicações ou necessidade de intervenção e ambos estão estáveis. Agora, a paciente receberá o tratamento os ferimentos causados pelo companheiro, que precisaram ser adiados pela gravidez.

A princípio, ela fará procedimento para correção de uma fratura no antebraço e passará por uma nova avaliação do setor de neurocirurgia, que deve determinar a necessidade de intervenção cirúrgica no ferimento sofrido por ela no rosto.

Covardia - Autor confesso dos disparos, rapaz, de 20 anos, com quem a vítima possui união estável há cerca de um ano, foi preso em flagrante logo após o crime. À polícia, o jovem negou ter atirado de forma proposital, chegando a dizer que os disparos que feriram a moça foram acidentais. Entretanto, testemunhas desmentiram a versão apresentada.

O fato da vítima ter sido atingida por dois disparos em pontos distintos, também diminui as chances de um tiro acidental, segundo o delegado Luca Vendito Basso, que registrou a ocorrência. O rapaz, preso em flagrante por tentativa de feminicídio, possui diversas passagens infracionais, enquanto adolescente.

Entre elas, por roubo, tráfico de drogas, tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo e latrocínio. Atualmente, ele também responde por posse ilegal de explosivo e porte de arma de fogo, devido a itens encontrados com ele, no momento da prisão - um artefato e uma mira telescópica.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário