A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

25/02/2011 10:01

Após 52 dias de greve de agentes, Justiça marca audiência para tentar acordo

Marta Ferreira

O desembargador Fernando Mauro Moreira Marinho marcou para o dia 2 de março audiência para uma tentativa de conciliação entre a Prefeitura de Campo Grande e os agentes de saúde e controle de epidemiologia que estão em greve desde o dia 4 de janeiro, há 52 dias.

A determinação está no processo movido pela prefeitura contra o Sintesp (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde Pública em Campo Grande), logo no início da paralisação, que teve decisão, no dia 12 de janeiro, considerando a paralisação ilegal e determinando a volta dos agentes ao trabalho.

Eles não voltaram, mesmo com a determinação judicial de pagamento de multa de R$ 25 mil com a decisão da Prefeitura de cortar os salários de mais de 250 grevistas, que não receberam pagamento este mês.

A Prefeitura também criou comissões para investigar a conduta dos agentes em greve e chegou a mudar as regras para a demissão de servidores em estágio probatório. A mudança já estaria programada, mas foi acelerada porque há servidores nessa condição entre os grevistas.

Desde que a paralisação começou, o secretário de Saúde, Leandro Mazina, e o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), tem mantido a posição de não negociar com os grevistas.

No despacho que determinou a realização de audiência, o desembargador orienta que devem ser apresentadas “propostas concretas”.

A greve é por reajuste. A categoria quer aumento dos salários de R$ 700,00 para R$ 2.100,00.

Em meio a greve e dengue em alta, secretário de Saúde tem férias suspensas
O secretário de saúde pública de Campo Grande, Leandro Mazina, teve as férias suspenas em despacho do prefeito Nelson Trad Filho publicado hoje no Di...
Entidades tentam aproximar Prefeitura e agentes de saúde para negociação
Reunião sobre o assunto foi feita hoje na PrefeituraA Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação do Mato Grosso do Sul) e a CUT-MS (Central Úni...
Mesmo sem receber salários, agentes insistem em greve, que já tem 39 dias
Mesmo sem ter recebido os salários de janeiro, e com a possibilidade de punição à vista, agentes de saúde e controle de epidemiologia em Campo Grand...


O Movimento dos Agentes de Saúde Pública e Epidemiológicos é FORTE, e principalmente DETERMINADO. Sou o responsável pelas negociações e se não houver nenhum tipo de acordo; nossa posição é confortável; pois se houver julgamento do mérito da ação impetrada pela PMCG, provavelmente será pela sua extinçao e consequentemente a desmoralização política do próprio Prefeito. Quando você entra em um negócio, você tem que ir até o fim. Iremos até o STF ou STJ se for caso.
 
AMADO CHEIKH em 02/03/2011 06:18:27
" Eu quero saber quém vai ser responsabilizado pelo uso de produtos com validade vencida pelos agentes de saúde de CG" CADÊ O MPE.
 
jorge silva em 25/02/2011 12:53:12
Espero q desta vez haja um acordo entre ambos, e que o Prefeito não leve tanto pelo passoal e veja que esses trabalhadores estão lutando por seus direitos, ou seja um salario justo conforme o trabalho que eles fazem, que convenhamos não é facil.
 
Mariane Ortiz em 25/02/2011 11:15:10
Tanta gente querendo trabalhar e alguns agentes brincando com a saude de campo grande, agentes não esta satisfeito tenta outro emprego, Nelsinho esta tendo é muita paciencia com vcs mesmo em. Greve é ilegal é fora da lei, vão trabalhar.
 
alexandre prado em 25/02/2011 10:47:50
Sinceramente, vai estudar leitor leigo!!! Leia nossa Carta Magna mais conhecida como Constituição Federal!!!! Greve não é ilegal!!! Quanto ao reajuste salarial, com certeza esta categoria tem razão, trabalham de sol a sol para ganhar R$ 700,00?!? Tomara que nosso prefeito deixe a ignorância de lado e pense como gestor público que é!!!
 
Cristina Motta em 25/02/2011 03:52:14
Tem que ser bem pago, senão não entra na minha casa, porque entraria qualquer um? na minha casa não...
 
Davina Correia em 25/02/2011 03:22:12
o tunil esta se estreitando para o senhor nelsom e a justiça intervino na negociaçao que ele poderia resolver e na segunda tem mais o vale transporte subindo tudo pode subir menos salario de trabalhadore para nosso colega alexandre prado que ta criticando e so estudar que ta vindo concurso ai
 
DIOGO DA SILVA em 25/02/2011 03:14:13
" Cadê os vereadores de cg? será que 21 homens não conseguem resolver junto ao prefeito esta questão;e ainda querem criar mais vagas pra não fazerem nada,isso é uma vergonha,enquanto isso os mosquitos estão a solta,fazendo mais vítimas da DENGUE"
 
jorge silva em 25/02/2011 01:42:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions