A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/08/2016 10:35

Após 6 meses de prisão, avó suspeita de torturar menino em ritual é solta

Viviane Oliveira
Criança era torturada pela família em rituais de magia negra. (Foto: arquivo) Criança era torturada pela família em rituais de magia negra. (Foto: arquivo)

Depois de 6 meses de prisão, a avó suspeita de torturar junto com a filha de 31 anos a criança de 4 anos em rituais de magia negra, foi solta nesta manhã (15). Ela estava no Estabelecimento Penal Feminino “Irmã Irma Zorzi”. O alvará de soltura foi concedido pela 7ª vara criminal. 

Conforme o advogado Marcos Ivan, a mulher vai aguardar em liberdade a sentença do juiz. “A defesa acredita na absolvição. Não foi comprovado que minha cliente cometeu crime”, diz. A mulher mora em Aquidauana.

Crime - Os tios do menino, a avó e um primo de 18 anos foram presos suspeitos de torturar a criança durante rituais de magia negra. Os três ainda continuam presos. A primeira audiência sobre o caso foi realizada no dia 29 de junho. 

O menino foi adotado pelo casal em maio do ano passado. O caso veio à tona no dia 23 de fevereiro deste ano, após o Conselho Tutelar constatar queimaduras e marcas de espancamento pelo corpo do garoto. Os tios e o primo confessaram a violência e disseram que agiam sob influência de uma entidade. A criança foi para um abrigo da cidade e a última informação era de que estava morando com uma família. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions