A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/06/2014 08:50

Após 7 meses de ameaças, ex agride mulher e destrói carro de namorado

Aliny Mary Dias e Francisco Júnior
Carro foi atingido por pedradas e pauladas e mulher ficou ferida (Foto: Francisco Júnior)Carro foi atingido por pedradas e pauladas e mulher ficou ferida (Foto: Francisco Júnior)

As constantes ameaças vividas por uma comerciante de 27 anos, que há 7 meses terminou um relacionamento de 8 anos, cumpriram-se na noite desta quarta-feira (4). O ex-marido de 32 anos invadiu a sua casa, na Vila Carlota, a agrediu e ainda destruiu o carro do atual namorado dela. Para defender o casal, o namorado, que estava armado, atirou para cima e foi preso pela polícia Militar.

O drama da mulher começou há um ano. Ela contou ao Campo Grande News que tem três filhos com Hildebrando dos Santos, 37 anos, e nunca teve problemas nos oito anos de casamento. A situação mudou quando Hildebrando perdeu o pai e foi buscar auxílio no álcool. O homem se viciou na bebida e acabou se tornando uma pessoa violenta. “Ele se transformou em outra pessoa e eu pedi a separação”, diz.

Separada há sete meses, a mulher começou a viver uma situação que ela define como “infernal”. O ex-marido nunca aceitou o fim do casamento e começou a ameaçar e incomodar constantemente a mulher.

Há seis meses, a vítima procurou a Polícia Civil, registrou boletim de ocorrência e conseguiu na Justiça uma medida protetiva que impedia a aproximação de Hildebrando. Mas a teoria nunca foi colocada em prática, o homem não respeitava a decisão da Justiça e foi preso três vezes por importunar a ex-mulher.

O caso se tornou tão grave que a mulher tinha o celular pessoal do policial militar do bairro para emergências “Eu ligava para ele direto, mas não adiantava. Ele passava a noite na delegacia e de manhã era solto”, conta. A última prisão ocorreu em fevereiro e Hildebrando foi solto no dia 18 de abril.

Para tentar se livra do ex-marido e das ameaças, a mulher se mudou de casa com os filhos, de emprego e de telefone. Mas a situação piorou quando ela começou um novo relacionamento com Luiz Carlos de Lima, 32 anos.

Estopim – Na noite de ontem (4), a mulher, o atual namorado e os três filhos dela foram até a feira livre da Vila Carlota. Eles compraram filmes e foram para a casa assistir os DVDs. A família acabou adormecendo na sala, mas foi acordada com murros na porta.

“Ele socou a porta e conseguiu entrar. Me deu um soco no queixo e nos lábios e fugiu”, conta a mulher. Aterrorizada com a agressão, a vítima foi até a delegacia registrar mais uma ocorrência e na volta para casa encontrou Hildebrando na rua.

Assustados, a mulher e Luiz resolveram esperar dentro do carro, um Fiat Palio, em frente de casa para evitar uma aproximação do homem. Mas não adiantou, Hildebrando usou pedras e um pedaço de madeira para quebrar os vidros do carro. Armado, o namorado da mulher atirou duas vezes para cima e o ex-marido fugiu mais uma vez.

A Polícia Militar foi chamada e uma equipe do 10º Batalhão do bairro Tiradentes prendeu Luiz por disparo de arma de fogo e porte ilegal de arma. Hildebrando fugiu, não foi encontrado até agora e é o motivo do temor da mulher. “Eu estou desesperada, vou ter que mudar de país”.



João me desculpe mas o cara é marginal, quando perdi meu pai fiz o meu luto, foi muito dificil mas segui a vida e não prejudiquei ninguem, não procurei solução atras de drogas ou alcool, tambem não me filiei a nenhuma igreja, acho que quem manda na gente é a cabeça, se a pessoa não tem cabeça ela é uma ameaça à sociedade e portanto deve procurar tratamento, falei de não me filiar a nenhuma igreja porque o caminho que o povo faz é beber, se drogar ou ir dar dinheiro pra igreja, quem tem Deus no coração não precisa alimentar as religiões que hoje mais tiram do que dão ao coitado que as procura, acredito que tenha pessoas que se "curam" na igreja, mas 98% é enganação pra deixar pastor e padre mais rico.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 05/06/2014 13:25:00
E agora complicou mais ainda a situação, pois o namorado armado sem porte de arma vai inventar de dar tiros para o alto e vai preso. Preso portando arma de fogo.
E SEM FIANÇA HEINN. complicou de vez a situação. Seria muito importante tentar recuperar esse pai de família do álcool e viver a vida porque ele perdeu o pai e nessa hora ele mais precisava desse ser chamado mulher que é mãe de seus filhos. Cuidado senão isso não vai acabar bem.
 
Joao Antonio de Oliveira em 05/06/2014 10:07:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions